Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Uma explicação... !

por Olympus Mons, em 14.01.16

Quem tenha lido a minha conversa em comentários com Maju no post anterior, se não entende de pré-história ou de genética populacional deve considerar aquilo tudo chinês.

 Neste mapa é fácil de explicar.

 My Haplogroup_R1b_World 1.png

 Caveat lector: O ser humano tem tendência para padrões interpretativos mesmo quando só há barulho (noise). Por isso provas são coisa boa. OK, dito isto…:

 

O que eu digo, e muitos outros, é o seguinte:

1 - No 1 (mapa)  mostra um Hotspot, algo descontextualizado, uma mancha no mapa onde existe ainda uma considerável parte da população que é R1b… Mas é R1b M72 ou M343, ou seja são das primeiras emanações dos R1b, antigas (mais de 16,000 anos) por isso se defende que tenham começado ali. Estas estão mais ou menos estabilizadas ali sem grandes mutações.

2 -  No 2, Posteriormente, já no neolítico migraram para aquela ponto a sul do Cáucaso e eu acho que eram as pessoas da cultura Shulaveri Shomu e terá sido aí que surge uma mutação no Cromossoma Y destes R1b que é a mutação M269 e aquela que é o pai dos europeus. Os shulaveri surgem do “nada” acerca de 9.000 e algo se passou há 6000 anos atrás para também desaparecerem dos sítios que habitavam e curiosamente muitos deles não voltaram sequer a ser ocupados por outras culturas, que bem diferente deles eram.

  •        Diz-se que eles eram um povo do norte da mesopotâmia e que depois voltou para a mesopotâmia após algo. Se estão certo não então devemos encontrar muitos R1b… vamos ver. Eu aposto que são.  Aposto que vão ser praticamente todos R1b (talvez algum r1a no meio);
  •       E que quando debandaram, literalmente, com os seus cavalos, cães e gado, ficaram ali pela região e são um dos povos que formou a Suméria, fundou sumer e por exemplo acidade de Ur (daí a mancha mais clara no norte do Iraque). Sabem de onde vem a história do diluvio e da arca de Noé? … pois isso mesmo esse mesmo monte Ararat ali ao lado.
  •       E que foram para a Turquia e mais tarde deram nos Hititas e depois nos assírios, etc.

 3 - Se o grupo que ficou para trás rapidamente teve uma mutação (L23) e por anatólia e pela parte norte do mediterrâneo se foi movendo, eu acho que ouve um grupo grande (a serpente) que em fila,como que em caravanas,  se movia grandes distancias e assim atravessaram todo o médio oriente e rapidamente entraram por africa e passaram no Egipto. Se formaram ou não as elites dos faraós não sei. Mas que Tutankamon era R1b era (pese embora as pessoas façam confusões com esse facto). Existem coisas marcas no nosso código sistema imunitário, existem setas das “deles” por todo o lado e ouve ainda outro grupo que se deslocou para a Arica subsariana e deu nos R1b-V88

4 - Na mesma altura em que o grupo chegava a 5 (península ibérica) ou um grupo que se desviou para sul e for dar ao Chade e Camarões onde fundaram esta linhagem patriarcal genética.

 

5 - E por ultimo a Península ibérica. Quando aqui chegaram começaram ja deviam ter a mutação L51 (ou pouco depois) e começaram a suceder-se as mutações (P312, L11)  todas atrás umas da outras quase e, daqui, de Lisboa, estes arqueiros nos seus novos cavalos Lusitanos, já hierarquizados e com as suas cerâmicas em forma de sino, numa europa de pequenos e mais frágeis agricultores do neolítico na certa bem mais pacíficos que eles, substituíram todas as linhagens masculinas da europa. Os G2a fugiram para as montanhas (Otzi não se escapou porque tinha até uma flexa no ombro antes e ser morto com uma pedra na cabeça).

 

                        E não muito tempo depois, a europa era assim:

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De ze laranja a 15.01.2016 às 00:06

uma imagem vale por 1000 palavras. assim entendi perfeitamente.
dúvidas: seria util tb abranger o norte de africa afim de consolidar ou não a ideia que eles vieram por aí fora ate a peninsula pelo norte de africa?
convinha saber qual era o nivel do mar à epoca. se o nivel do mar era mais baixo k a actual pode reforçar a ideia que eles vieram pelo norte de africa efacilmente atingiriam a "espanha" pelo estreito de gibraltar
Sem imagem de perfil

De ze laranja a 18.01.2016 às 15:57

ops, não tinha visto o primeiro mapa

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor



Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Links

Blogs