Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Água mole...

por Olympus Mons, em 01.12.13

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quem já leu alguns dos meus posts já sabe que pese embora as pessoas possuam as diversas áreas de Brodmann no cérebro e as usem (a não ser que tenha uma lesão numa delas) a verdade é que não da mesma maneira e intensidade, algo parecido com o facto de toda a gente ter dois membros superiores mas a verdade é que uns são canhotos e outros destros.  As pessoas de direita vivem plenamente a sua AOV (amygdala, OFC e VMPFC) e as pessoas de esquerda adoram marinar na IAD (insula, ACC e DLPFC).

 

Para entender esta ligação da “ausência” da VMPFC nos processos de aferição do postular político das pessoas de esquerda basta…

 

“People with damage to the ventromedial prefrontal cortex still retain the ability to consciously make moral judgments without error, but only in hypothetical situations presented to them. There is a gap in reasoning when applying the same moral principles to similar situations in their own lives. The result is that people make decisions that are inconsistent with their self professed moral values.[3]

 

 

Mas agora, após os meus últimos posts, lembrei-me de um estudo do ano passado  “

 damage to ventromedial prefrontal cortex increases credulity for misleading advertising” onde se traduz essa insuficiência para algumas avisos…

 

Applying the findings to real-life situations, people with damage to the vmPFC:

 

1 - are more vulnerable to fraud schemes or financial scams

 

2 - have “compartmentalized minds” where discordant ideas are able to be held in mutual agreement

 

3 - are prone to believe their own assertions even in the face of contradictory evidence

 

4 - lack the ability to detect signals that normally steer people away from inappropriate decisions

 

In summary, the authors suggest that damage to the vmPFC, which helps to regulate doubt versus belief processes, may result in an increase in a person’s vulnerability to be deceived.

 

O VMPFC é a parte do cérebro que (conscientemente) avisa que algo não está bem, que a bota não bate com a perdigota, que determinado assunto não passa o smell test! – Aqui inicia-se um estado latente de cepticismo até que o numero de positivos  vença o tal cepticismo.

 

Isto em contraste com quem instintivamente prefere outro caminho. Sim, meus caros, você ou vai por aqui ou pela ACC (anterior Cingulate) e vai dar ao outro lugar. Algo como … Upon detection of a conflict, the ACC then provides cues to other areas in the brain to cope with the conflicting control systems… que no caso da esquerda demasiadas vezes é ao DLPFC para ajudar a resolver a dissonância cognitiva. Aliás, por isso a esquerda é tão verbalmente articulada, muito por força do DLPFC, assim como elaborada no conteúdo, muito pela força dessa troca entre o DLPFC (que cria a treta) e a ACC (que faz a monitorização dessa treta detectando os erros) ou se quiser  whereas ACC and DLPFC interact with each other to resolve conflict through attentional modulation (chamado assobiar para o lado) .  Com alguém de esquerda mesmo quando se tratam de dissonâncias cognitivas novas é só dar um tempinho que após algumas interacções entre a ACC e o DLPFC ela vai ser resolvida – Sim, chama-se hipocrisia.

 

Com o ataque que hoje em dia se assiste ás diversas formas de cepticismo, voltando a denominação de por exemplo denier a quem se atreve a duvidar da severidade das alterações climáticas,  significa que estamos mesmo no mundo da submissão do AOV ao IAD.

 

enfim…

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Nunes a 02.12.2013 às 14:13

É claro que para postular uma ligação entre isso terá primeiro que provar que essas características são típicas "de esquerda", mas isso já são outros quinhentos... :D
Imagem de perfil

De Olympus Mons a 03.12.2013 às 13:24

Claro. Eu não tenho dúvida que correlaciona com o estereotipo das pessoas de esquerda. :-)

Tal como se poderia escrever exactamente o mesmo usando exemplos das dificuldades das pessoas de esquerda e sua total falta de interoceptividade e dificuldades com working memory...
Sem imagem de perfil

De ocni a 10.12.2013 às 09:26

que esquerda? Que direita?
Há muitas esquerdas, muitas direitas.
E a ligação umbilical entre a extrema esquerda e a extrema direita?
Quanto às alterações climáticas elas irão realizar-se, embora seja difícil prever as dimensões dos seus efeitos. Provavelmente teremos mais tempestades, mas maior produtividade agrícola.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Links

Blogs