Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



O truque

por Olympus Mons, em 16.02.14

 

 

E por se falar de socialismo teremos de falar do que já comentei noutro post, que é como se passa do -  é verde!, é verde!, é verde!... Este amarelo é muito bonito não é?

 

Politicamente imagino que aconteça o mesmo entre os portugueses e o PS.  É necessário lembrar que o povo português é socialista. Umas vezes mais, outras menos.  Sendo assim existe um sossego na alma portuguesa quando os socialistas estão no poder. Eu encaro isso com normalidade. Uma normalidade infantil.

 

Mas desta vez vou tentar ver como é que o truque é feito para ver se aprendo.

 

Não nos iludamos – Tenho alguma admiração pelos políticos. Porque são tão inteligentes que permitem que o povo em geral os considere estúpidos, néscios ou de alguma forma ineptos para tomar qualquer decisão. Isto é sinal de inteligência. - Aliás contrasta com tantos comentadores nos media que são meeesssmmmmo inteligentes.

 

Voltando ao truque.  O truque do PS que resulta no contexto do mecanismo acima descrito (este à escala portuguesa)  é fazer um congresso e substituir o actual líder pelo Tony Costa.  O Tony cala-se (como PPC antes de ganhar) e de forma natural o verde passa a amarelo é mesmo bonito, não é?

Paralelamente poderão todos observar o modo como o PS domina a imprensa em Portugal.  O truque só resultará com a conivência dos media que terão que não fazer qualquer ponte entre o PS do ToZé e do PS do Tony! Mas isso já sabemos que é garantido, não é?

 

Duas questões de interesse. A primeira é como é que vão correr com o tozé. Não sou um politólogo logo não sei se já está atrasado ou o truque resulta sempre e nem é necessário muito tempo. Talvez tenha a ver com as europeias. Estrategicamente espera-se que o PS tenha um mau resultado para substituir o actual líder. Provavelmente, o truque parta do facto de qualquer que seja o resultado, aparte de uma votação que indicie maioria absoluta, não ser suficiente para salvar o líder e levar à indignação e sua substituição. Logo após as europeias vamos ver os Pedro Adão e Silva, as Constança Cunha e sá, Pedro marques (sim, sei que é do PSD – pois abelha, vai perceber que Roma não paga) a malhar no tozé. No fundo a cada um o seu papel e quem aposta comigo que o Adão e Silva vai sair do armário e assumir a sua posição de político no PS no prazo de algo como um ano?

Contudo, além da arraia-miúda acima referida teremos que ter pesos pesados.  De Jaime gama a Henrique Neto, etc, na certeza que o mais fácil será soprar aos ouvidos do Mário Soares e lá vai ele a achar que foi ideia dele… Coitado do velho.

E a segunda é que Interessa particularmente perceber até que ponto o povo português é assim. Sim, assim venezuelano.   Porque isto tudo vai ter que ser feito com uma celeridade que não a normal e tenho para mim a certeza que na maioria dos países mais desenvolvidos, democraticamente, não seria conseguido - No way! A distância entre as elites (no caso do PS) e o povo votante tem que ser muito grande. Uns têm que ser muito inteligentes e os outros muito estúpidos.

 

E a prova disto é que não estou mesmo (e posso estar errado) a ver o ToZé a ir às legislativas. Not  a chance in hell! E acho que toda a gente sabe (até ele) e não me dizem!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.02.2014 às 12:25

Essa do PS já eu tinha percebido faz tempo... mas em relação ao caso português.. realmente somos mesmo especiais... É só perceber como é que passámos da mocidade portuguesa para a mocidade revolucionária! Foi quase do dia para a noite.. ;)
Maria Rebelo
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.02.2014 às 13:11

E por falar em esquerda.. deixo aqui um interessante artigo que saiu na Forbes..

http://www.forbes.com/sites/briandomitrovic/2014/02/18/the-left-has-been-wishing-non-work-on-the-poor-for-200-years/

Maria Rebelo
Imagem de perfil

De Olympus Mons a 22.02.2014 às 19:16

Maria. Obrigado.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D


Links

Blogs