Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



5 minutos

por Olympus Mons, em 18.07.21

Existem 5 minutos que vale a pena gastar. 
Os 5 minutos deste post the Judith Curry é um desses momentos, pela forma sucinta como é holistico.

https://judithcurry.com/2021/07/11/5-minutes/

Eu sigo Judith Curry há várias décadas. Para mim ela a par de Roger Pielke, representam muito bem o modo como chegámos aqui.

Lembro-me dela quando ainda era um deles, ainda pegava com trinta pinças qualquer narrativa que contrariasse os fazedores da tanga das alterações climáticas.  A tanga, não as alterações, claro. Na verdade quando retrospetivamente olho para eles todos, Pielke pai e filho, Spencer,  Christy, Curry, etc não me lembro de um que dissesse que o planeta não está a aquecer e que em parte esse aquecimento deveria ser pelo aumento de CO2 na atmosfera. Não me lembro de um.
Mas Curry foi curioso porque se consegue seguir com precisão o cancel culture, sim o cancel culture começou com as alterações climáticas porque toda uma elite científica não iria deixar que ninguém lhes roubasse a oportunidade. Curry começou por pedir aos colegas que não fossem tao defensivos. Chamou ela na altura de “circuling the Wagon” e que isso era mau. Curry rapidamente passou da amiga para ser inimigo. Quem quiser que investigue: Como tantos outros, ela passou de professora, e professora chair of the School of Earth and Atmospheric Sciences at the Georgia Institute of Technology para uma pariah a quem era negado até a cordialidade.  Ela passou por tudo, desde a traição de pessoas que ela tinha empregado e treinado e que hoje são famosos na área, até as pressões para deixar de ensinar. Como tantos outros hoje em dia já está fora da academia. – Cancel culture começou aqui e muito do que hoje identificamos como cancel culture cumpre com as metodologias usadas para agredir estes cientistas que não aceitaram calar a boca.

E tudo o que ela se insurgiu foi contra a tanga como forma de comunicação errada do problema em mãos. O truque, a tanga, está nisso mesmo. Na tanga. É como se começássemos a falar de pessoas que faltam de penhasco para água em mergulho e de repente toda a gente à nossa volta começa a falar de voar, e super-homem e o thor, e o Hulk… a pessoa fica sem saber o que dizer.

Trago Judith aqui porque este post dela em que transcreve a sua intervenção de 5 minutos num venue qualquer sobre clima. Ela resume muito bem qual o problema de perspetiva que hoje em dia existe sobre esta questão das alterações climáticas.

A ler:
https://judithcurry.com/2021/07/11/5-minutes/

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.07.2021 às 20:32


Caro Olympus, é um facto inegável, que quase todos (ou todos?) "cientistas" que não são independentes, calam-se ou mentem como o governo o deseja.

Só quando estão reformados é que abrem a boca ou mudam de tom, no melhor dos casos.

O que sucedeu à Judith, sucedeu e sucede ainda a muitos, infelizmente e é um sinal claro, que há burla qualificada.

Jornaleco

A lista com as mentiras provadas dos inimigos da Judith e da verdade, é muito grande e comprida.

Não há nenhuma dúvida já, que isto é um crime contra a humanidade, perpetuado pelos mesmos porcos da esquerda incompetente e fascista.

Tudo aponta para o "Trans-Humanism".

Aqueles que querem "unir" o ser humano com o animal.

A questão já não é se DEUS existe ou não.

Eles dizem o abertamente, que eles querem ser como DEUS, ocupar o lugar DELE. Negando a existência DELE, que faz parte da cabala, até o idiota ocupar o lugar DELE em Jerusalem, no terceiro templo, que os maçónicos vão querer constuir lá.

Vai ser a blasfémia total.

Leia a leitura de Jacques Attali (ver saber interdisciplinar!!).
Attali é um maçónico e (!) mentor de Macron (França).
O actual presidente criminoso francês aprende a pensar desse porco Attali, um autêntico monstro.

Aqui está: para perceber tudo, é preciso saber interdisciplinar, que está ligado um com o outro.

Nada, nadinha sucede pelo acaso.

O tal Attali aprendeu o que ele sabe de outros monstros. A lista é também aqui comprida.

Eles querem acabar com a democracia. Já o dizem abertamente. E a tecnologia 5G vai ser o ponto de partida, para o controlo total do ser humano.

Vai haver APARTHEID!!
Da pior que se pode imaginar.

Esses que acabaram com a APARTHEID na África do Sul vão querer a mesma a nível mundial.

Isto é profundamento perverso e malvado ou não?

Muitos pobres e só alguns ricos.

Ou como é que você explica a tentativa de censurar a verdade a todos os níveis?

Quem tem um coração de pedra, em nada quer saber o que o outro quer ou pensa.


Ponto final: A ciência é a soma, a totalidade de todas (!) afirmações verdadeiras existentes até hoje. Muito mais, do que qualquer um consegue digerir intelectualmente.

Ciência não é aquilo que cada um pensa saber sobre a mesma. É muito mais. E o verdadeiro inteligente deve contar sempre com o impensável, diz a sapiência.

Bom domingo!!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs