Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



5 minutos

por Olympus Mons, em 18.07.21

Existem 5 minutos que vale a pena gastar. 
Os 5 minutos deste post the Judith Curry é um desses momentos, pela forma sucinta como é holistico.

https://judithcurry.com/2021/07/11/5-minutes/

Eu sigo Judith Curry há várias décadas. Para mim ela a par de Roger Pielke, representam muito bem o modo como chegámos aqui.

Lembro-me dela quando ainda era um deles, ainda pegava com trinta pinças qualquer narrativa que contrariasse os fazedores da tanga das alterações climáticas.  A tanga, não as alterações, claro. Na verdade quando retrospetivamente olho para eles todos, Pielke pai e filho, Spencer,  Christy, Curry, etc não me lembro de um que dissesse que o planeta não está a aquecer e que em parte esse aquecimento deveria ser pelo aumento de CO2 na atmosfera. Não me lembro de um.
Mas Curry foi curioso porque se consegue seguir com precisão o cancel culture, sim o cancel culture começou com as alterações climáticas porque toda uma elite científica não iria deixar que ninguém lhes roubasse a oportunidade. Curry começou por pedir aos colegas que não fossem tao defensivos. Chamou ela na altura de “circuling the Wagon” e que isso era mau. Curry rapidamente passou da amiga para ser inimigo. Quem quiser que investigue: Como tantos outros, ela passou de professora, e professora chair of the School of Earth and Atmospheric Sciences at the Georgia Institute of Technology para uma pariah a quem era negado até a cordialidade.  Ela passou por tudo, desde a traição de pessoas que ela tinha empregado e treinado e que hoje são famosos na área, até as pressões para deixar de ensinar. Como tantos outros hoje em dia já está fora da academia. – Cancel culture começou aqui e muito do que hoje identificamos como cancel culture cumpre com as metodologias usadas para agredir estes cientistas que não aceitaram calar a boca.

E tudo o que ela se insurgiu foi contra a tanga como forma de comunicação errada do problema em mãos. O truque, a tanga, está nisso mesmo. Na tanga. É como se começássemos a falar de pessoas que faltam de penhasco para água em mergulho e de repente toda a gente à nossa volta começa a falar de voar, e super-homem e o thor, e o Hulk… a pessoa fica sem saber o que dizer.

Trago Judith aqui porque este post dela em que transcreve a sua intervenção de 5 minutos num venue qualquer sobre clima. Ela resume muito bem qual o problema de perspetiva que hoje em dia existe sobre esta questão das alterações climáticas.

A ler:
https://judithcurry.com/2021/07/11/5-minutes/

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.07.2021 às 21:46



Mais uma bomba, com a qual a Judith Curry vai concordar.

Citação:
171 Auto-Experten aus sechs Ländern werfen der EU-Kommission vor, die CO2- Emissionen von E-Fahrzeugen falsch berechnet zu haben. Der Ausstoss liege in Wahrheit um Faktor zwei höher. Stimmt der Vorwurf, ist es mit den ökologischen Vorteilen der Elektromobilität weitgehend vorbei.


Tradução respectiva:
171 peritos do sector automóvel de seis países acusam a comissão europeia em Bruxelas, de ter feito as contas mal feitas no que diz respeito às emissões de dióxido de carbono do carro eléctrico. As verdadeiras emissões do carro eléctrico são o dobro, em relação ao dióxido de carbono. Se a acusação estar certa, acabaram-se as vantagens ecológicas da mobilidade eléctrica.

Jornaleco


Conclusão:
Como a esquerda criminosa e fascista vai ocultar o óbvio, devido ao controlo criminoso da comunicação social, desmentir este facto inegável, a malta continua com o caminho para a pobreza, para o abismo.


Fonte:
https://eike-klima-energie.eu/2021/07/15/elektroautos-doppelt-soviel-co2-wie-gedacht/

[Carros eléctricos com o dobro de dióxido de carbono do que pensado!]

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs