Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



António Costa Maduro Chavez

por Olympus Mons, em 27.09.21

Capture sondagens.PNG

Coloquei um filtro em “sondagem Lisboa”  até dia 15 de Setembro e sai-me isto.
Quando Rui rio se insurgiu contra as sondagens não faltou gente, não faltou o Bom o Mau e vilão a cascar no senhor. Quando Donald Trump ou outro qualquer politico ou comentador da direita se queixa das sondagens, das empresas de sondagens que cantam sempre a mesma melodia de kayfabe de esquerda, não falta quem faça a mantra dos maus perdedores ou que quem não sabe dançar.

Contudo isto, esta tanga das sondagens ajudar a criar momentum à esquerda dura já décadas e, como é de esquerda, segue sem cura ou remédio à vista.
Nos EUA é frequente já até comentadores assumirem que qualquer sondagem é para somar de 4 a 7 pontos percentuais ao da direita.  Nem vale a pena perder tempo.
Joe Biden tem um approval rating de 45%. Não falta quem dia, ok, se fosse Trump era esse valor menos 5% dados pelas sondagens. Aceita-se como uma fatalidade. E de fatalidade em fatalidade se instala, e já vivemos, no Fascismo cultural de esquerda.

O PS, ou António Cota, queria a tanga da grande sociedade socialista como sinónimo de Portugal. Queria e teve.
Salvo raras exceções toda a intelligentzia aceitou que António Costa e o PS usassem os dinheiros do PRR com arma política. Entretidos que estão a ler as sondagens que dão sempre melhores resultados ao PS que a realidade.

Entretanto, mesmo com toda a saciedade erigida contra eles lá vai o CHEGA e André Ventura de pequena vitória em pequena vitória.  Era um risco enorme assumir candidaturas a nível nacional, mas não tiveram medo e assim o fizeram. Correram o risco e este era real como se viu pelos vídeos de alguns dos seus candidatos. Mas André ventura parece saber o caminho das pedras, talvez avisado pelo caminho traçado pelo VOX em Espanha. A ver vamos quando conquistarem deputados e outras caras aparecerem.
Seja como for o que foi acordado entre eles está implementado no terreno – Após os ataques de histerismo com tudo o que tivesse a ver com o partido CHEGA, agora deram-se ordens para ignorar. Hummm, não me parece que esteja a resultar como esperavam.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs