Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ass...

por Olympus Mons, em 23.07.22

Augusto Santos Silva...ASS.

Uma das coisa espantosas na forma como o mundo funciona é que o prémio dado ao enforcer de meta-normas só resulta se… houver esse prémio.

Augusto Santos Silva tem tido as intervenções que tem tido contra o partido CHEGA debaixo de aplausos de todas as bancadas.  - É assim que funciona mesmo. Esse é o prémio dado aos enforcers de meta-normas.  Acumula os tais social reward  e o ASS está claramente nao só atrás destes como pretende montar-se nos mesmos da Assembleia da República até Belém!

Desta vez com a sua última intervenção e com o CHEGA a abandonar o plenário ficou um alerta para ASS. Muita gente começa a considerar que ASS e um ASShole ao serviço do partido Socialista, como aliás ele tem feito um esforço durante toda a sua carreira política por demonstrar abundantemente que se sente mais confortável no papel de trauliteiro do PS do que em qualquer outro papel. Houve demasiadas pessoas, mesmo nos meios de comunicação, a condenar o papel estranho do presidente da Assembleia nas suas intervenções especialmente esta última.
 

Quando se ouve que escândalo, chincalheira e barulho, é o que o CHEGA quer, pese embora por vezes até possa ser verdade, aquilo que verdadeiramente significa é que o CHEGA fez algo que se desvia das meta-normas. – Quando no dia a dia político de um país já não existe gente que se desviem das meta-normas estamos democraticamente numa situação pouco saudável.

E perigosa.-  Porque como os estudos demonstram, a existências dessas meta-normas também pune comportamentos atípicos que não prejudicam propriamente a sociedade, mas que quem pune infere que é o que a sociedade em geral quer.

Aquilo que restará ao país será decidir a breve trecho se o CHEGA tem um comportamento desviante que prejudica o país ou se meramente tem um comportamento atípico relativo ao que a sociedade portuguesa está habituada e como tal leva por tabela com o tratamento destinado a quem quebra meta-normas (e não meramente quem as desafia), algo muito diferente sociológicamente.  

E as pessoas em Portugal devem entender este ponto muito rápido. – Chamar de racista ou xenófobo ao partido coloca-o numa categoria de quebra insanável de meta-normas vigente, mesmo que aquilo que o partido faça é sim ter um comportamento politico atípico (que é uma categoria sociológica à parte), o que leva a que as pessoas, personagens e players em determinada sociedade aceitem o tratamento excessivo para com aquele partido como se fosse um quebrador de meta-normas (por exemplo se fosse nazi) onde tudo ou praticamente tudo é permitido. – O que o CHEGA não é!

O CHEGA desafia as meta-normas, mas não as quebra. Não é por falar da comunidade cigana em moldes consentâneos com papers de organismos ligados ao próprio estado português, que passa a ser racista. Não é por se mostrar cauteloso para com processos de migração que se é xenófobo! Requerer mais controlo e critério nos processos de imigração (e passar legislação nesse sentido) é a norma desde a Suécia até à França.

Um país que não percebe a diferença entre um partido que quebra meta-normas e um partido que meramente tem um comportamento atípico relativo a essas ditas meta-normas descritivas é um país muito mais perto do Portugal do Salazarismo que tanto abomina do que das tais Democracias Liberais com que enchem a boca a toda a hora

E já agora, Sim, fosse eu deputado do CHEGA e me chamassem racista e xenófobo a toda a hora, começa a justificar uma cabeçada nos dentes, mesmo que seja nas escadarias da assembleia da república.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Jornaleco a 23.07.2022 às 23:33

Eu odeio esse gajo estúpido, malvado.

Citação:
"[...] Muita gente começa a considerar que ASS e um ASShole ao serviço do partido Socialista, [...]"

Eu junto-me a essa gente.

Faz me Lembrar o outro porco, esse Coelhone mentiroso.

Jornaleco

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Blogs