Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Bizarrias

por Olympus Mons, em 31.10.21

Presumo que algumas ações de propaganda se seguirão nos próximos dias relativo a alterações climáticas tendo em conta a realização do COP26 e o circo que se monta nestas alturas.

Nesta altura convém ir lembrando snipets de realidade. Esta imagem abaixo é um resumo do que o IPCC AR6, o Assesment Report saído há pouco tempo, afirma em relação a todos estes fenómenos naturais que você assim que liga a televisão vê imagens seguido de imediato pela afirmação “devido às alterações climáticas”, de imagens manipuladoras, de gente a chorar a maldade do aquecimento climático e capitalista como não podia deixar der ser.

E reparem, como eu digo, utilizar os AR como fonte é a mesma coisa de dizer que vamos falar de economia mas só podemos citar o jornal Avante!. 
Mas mesmo assim isto está tão bizarro, tão bizarro, que basta usar como referência o mesmo AR6 para demonstrar a loucura que por aí vai e a falácia que é quando esta gentinha vai à televisão e fala da ciência e utiliza a ciência para destruir quem se atreva a falar fora do Kayfabe.

Capture IPCC AR6.PNG

Pode percorrer a lista e encontrar todos os não (os que não estão a amarelo) que o WGI diz que de todos os estudos apresentados, de todas a ciência publicada, dos milhares de milhões gastos claramente não se encontra, não se consegue, nem detetar qualquer alteração, qualquer aumento, nem se consegue fazer qualquer atribuição a alterações climáticas. Não se consegue sequer encontrar qualquer correlação.  Por isso, detection zero e atribution zero!

Mesmo o jornal avante! diz que não existe. Logo a bizarria que é ver um telejornal ou ler um jornal por esse mundo fora. Que mundo bizarro!

 

Não, não há aumento de cheias (flooding) porra nenhuma devido a aquecimento, nem secas, tanto meteorológicas ou hidrológica ( aquilo que chamamos mesmo seca!) mas lá conseguem partir em 3 para atribuir a eco/agri  seca, que é o ratio de humidade a contar com transpiração no solo, uma coisa esquisitíssima de calcular.

Nada em tropical Cyclones (furacões e ciclones), nem tornados, nem até aumento da velocidade dos ventos. Nada, nada, nada.

 Mas encontramos aqui uns amarelos não é? -  Pois mas mesmo isso é curioso.
O único verdadeiro amarelo é o Heat waves. E o único verdadeiro porque todos os outros é medium confidence, que é em linguagem do IPCC 50% de probabilidade, é mandar moeda ao ar. E mesmo lá no documento não escondem que por exemplo o heavy rain por vezes é mau, por vezes é bom não tendo verdadeiramente impactos societais até ao momento.

Mesmo o Heat waves , as vagas de calor, é verdade que tem sido reportado como tendo aumentado em duração e com uma correlação perfeitamente visível com o aumento da temperatura, mas também é reportado na literatura que o número de vagas de frio tem diminuído, tanto que o único estudo que foi realizado para calcular o deve e o haver entre os dois afirma, muito surpreendidos, que o ratio entre as duas vagas de frio/calor já terá salvo a vida a mais de 300 mil pessoas (porque vaga de frio mata muito mais). Imaginem se alguém imparcial fizer mesmo o estudo.

Enfim. Avante camaradas, avante!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs