Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Bye -Bye Roe vs Wade

por Olympus Mons, em 25.06.22

Já escrevi aqui sobre este assunto em Maio.
https://barradeferro.blogs.sapo.pt/histerismo-266255

Mantenho a minha posição, com tantos abortos adultos que por aí vejo, sou adepto de dar 100 euros a toda a gente que aborte!

E agora saiu. O Supremo norte-americano reverteu mesmo o Roe vs Wade.
Muito do que eu teria a dizer já disse no link acima.
A questão na altura a que escrevi aquele Post era qual seria o take em Portugal, qual o nível de histerismo e acima de tudo se o Kayfabe era reproduzido em Portugal. Já tenho a resposta. O Kayfabe é reproduzido “ipsis verbis”.

Na verdade, Todo o legal establishment nos EUA sabia que Roe Vs Wade  como lei era … um aborto.
Mesmo Ruth Bader Ginsburg, a ultraliberal juíza do supremo tribunal, não escondia que considerava a lei uma aberração. Ela não escondia, mas os jornalistas que a entrevistavam sim. Só muito mais tarde vimos as repostas dela nas entrevistas televisivas que os jornalistas editavam para que não fossem publicadas… Sim, falem da Rússia do Putin.

Era Bad law!  - Por isso sempre que era vetted um novo Juiz para o Supremo Tribunal nos EUA a pergunta lá vinha sobre se tencionavam reverter WvR. Sempre. Porque a pergunta era mesmo:  “apesar da lei ser uma aberração vais calar a boca e fazer o que mandamos ou vais criar problemas?” - Esta era a pergunta!

E não Germano pateta qualquer coisa que fala na SIC, as respostas dos Juízes que eu ouvi nas audiências foi que “não comentavam casos mas que se alguma vez fossem chamados a avaliar iriam avaliar o mérito do caso de acordo com a Constituição dos EUA!”  - Não germano, não enganaram o publico americano!

Chegados aqui, também ouvi repetidas vezes que a maioria dos americanos era a favor da existência do aborto. A velocidade com que a notícia de que a Disney ia pagar abortos aos seus empregados fora do estados chegou aos nossos telejornais é surpreendente.
No entanto, pergunte aos americanos aborto até quando e eles respondem, mesmo os que se dizem fortemente a favor, com limites muito abaixo do que a lei na generalidade dos estados permite. A tal Disney está num estado, Florida, em que o limite é das 15 semanas e não pretende baixar esse limite… em Portugal é nas 10 semanas, o que corresponde ao que a maioria dos americanos considera correto. Nos EUA a esmagadora maioria dos estados permite aborto até às 25 semanas ou até o feto ser viável fora da barriga da mãe que corresponde às tais 25 semanas. – Alguém já viu um bebé com 25 semanas?

Esse é o problema. Sempre que estados tentavam baixar as semanas em que é permitido aborto os tribunais diziam-se presos pelo Roe vs Wade. Existia a possibilidade de estados (e já se falava nisso) aumentar as semanas até praticamente o nascimento da criança (como na Califórnia). Do ponto vista legal, devido a Roe vs Wade isto teria possibilidade de ser aprovado - porque estava dentro das justificações dadas para as decisões relacionadas com Roe Vs Wade.

Outra das coisas fascinantes neste caso é o facto de sempre que oiço alguém mencionar Democracias Liberais fico com a certeza que vai dizer algo protofascista de esquerda. Ontem ouvi várias vezes. Por isso o Supremo norte-americano devolver a decisão ao povo, We the people, nos estados onde votam a sua vida é uma ameaça às democracias liberais?! – A sério?

 Realmente toda a gente nasce fascista, a democracia é educação. - Vivemos num mundo de gente mal-educada.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs