Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

barradeferro

barradeferro

Que fique claro. Quando se é contra fascistas, tem que ser por princípio e não por causas.
Estava a ver, mais a gramar, a Russia Today News e de repente…:

IMG_20220302_133129.jpg

A RT news era um canal interessantíssimo para quem goste de ouvir as várias partes envolvidas num conflito. Quem não gosta, que é fascista e tem problemas com a liberdade de expressão, que tem problemas a olhar seja o que for para alem das suas lentes acha normal que o canal seja cancelado.
 Eu acho que ver a RT news era uma delícia porque aquilo é um curso de spin, de manipulação e de jornalismo de causas. Só que ali a causa era uma que nós não gostamos. 
A RT news não deixa de mostrar os bombardeamentos, não deixa de mencionar os mortos e feridos, mesmo de soldados russos mas mantém o foco na região do leste mostrando os feridos, as crianças feridas, as velhinhas que choram, os refugiados a passar a fronteira para a Rússia…

Quem queira perceber como é ridículo muito do, para não dizer todo, o jornalismo feito em Portugal  e sobre muitas das temáticas do jour, deve sentar-se e observar como o mesmo é defeituoso mas se aplicado ao outro lado. E o que estava na RT news também era o novo jornalismo, da subjectividade vs objectividade, das causas ambiente e das análise conteúdo, só que aplicado ao lado deles!  
Eu sento-me a ver aquilo e consigo seguir o script, o guião das narrativas e facilmente detectar o que não está a ser reportado sem contexto e oiço a voz de pessoas tanto da India como de Nova Iorque que apoiam os russos e nem pestanejo. Porque a bulshitada é ubíqua e universal.  
Mas depois, o postering irrita-me.  E irrita-me tanto quando me comove o heroísmo de cojones do tamanho das baleias do atlântico Norte (cujos ditos pesam 900kg) que os Ucranianos estão a demonstrar.

voltando ao RT news, é esta coisa do cancelling que é bom quando é a nosso favor mas é horrível e um atentado aos valores quando é contra o que gostamos. Não dá para papar esta tanga.
Fica a nota, que não somos mais ricos, nem mais informados, por se calar desta forma a voz dos russos. E fica a outra nota, a outra que é comum no nosso dia a dia, que quando voltar guinchar contra Orban ou Salvinis desta europa por não apaparicar alguns jornalistas teremos que nos lembrar que mesmo sem estar sequer em guerra a Europa dos valores também acha normal censurar meios de informação. É um bocado como aquela coisa do post abaixo, que a Marine Le pen pousar para fotos com o Putin era o fim da picada, mas ex-líderes de partidos e países centristas e até de centro esquerda serem depois empregados dos Putin já não tinha problema nenhum, tanto que nem era motivo de guincharia dos media, social ou de outra natureza.

9 comentários

Comentar post