Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



De Jihadistas e Capitalistas

por Olympus Mons, em 30.03.21

Primeiro a curiosidade, só isso, de percorrer os jornais online, como o Expresso online, ou o observador, público etc. e é curioso o total desprezo dado em Portugal a esta questão dos ataques Jihadista no Norte de Moçambique.
Mas também não tenho opinião sobre se deveríamos ter uma intervenção maior naquele problema. 
A razão pela qual escrevo sobre o assunto é porque me parece estranho tendo em conta o Projeto de Gás Natural da TOTAL (ou melhor da ANANARKO) na região que não se tenha conseguido dominar completamente os grupos jihadistas. 

Primeiro também convém dizer que me parece óbvio que não é coisa simples porque usando o princípio occam razor e ao ver quem tem a ganhar com isto, os países produtores de energia no médio oriente, que o grupo jihadista deve estar bem financiado. Ok, entendo isso. Mas mesmo assim... Mas diabos, tendo em conta que se trata da ANANARKO do Texas e com a participação da TOTAL, não acredito que deixados estes colossos empresariais aos seus “mecanismos” que os grupos jihadista tivessem qualquer hipóteses. Entre Mercenários Europeus, Americanos e Sul Africanos, com participação dos Israelitas na segurança, não conseguem dominar a região?
Pois, mas temos que contar com políticos. E o que eu vejo é Almirantes moçambicanos a passear para aqui, Generais a participar para ali e pedidos a todos e por todo os lado. – Se interpreto bem o que tenho lido e visto essencialmente pela mão do Nuno Rogeiro (que não o diz assim), que verdade seja dita é o único em Portugal que alerta para o que ali vai há bem mais de um ano, o governo moçambicano quer, quer, quer. -  Quer helicópteros, quer carros blindados, dinheiro, etc só não parece querer mesmo é resolver o problema (interpretação minha).
Nem sei se estou a ser injusto, mas é a perceção que me fica.  Só registo esta nota mental porque se amanhã a TOTAL decidir mudar a base de operações para a cômoros ou Mayotte, visto que o gás é off-shore e para ser extraído do mar tenho a certeza que vai haver mais noticias nos Media Portugueses sobre a maldade dos capitalistas do que há notícias sobre a atual situação na região onde se decapita crianças e se mata indiscriminadamente.
Eu tenho pena daquela gente, já não tenho é pachorra para esta gente.

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 08:26

"não tenho opinião sobre se deveríamos ter uma intervenção maior naquele problema"

Pois eu tenho uma opinião forte.
Quiseram ser dependentes, desenrasquem-se.
África aos Africanos, agora desenmerdem-se!

Se as empresas envolvidas no projecto de gás quiserem mandar mercenários para resolver o problema, tudo bem. Que não façam prisioneiros.

Portugal? A última vez que Portugal quis manter ordem e paz em Moçambique, eles fartaram-se de rabujar.

Aquele shithole country deixou de ser problema Português em 1975.

Zé Manel Tonto
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 08:27

"Quiseram ser dependentes"

*independentes

(óbvio)

Zé Manel Tonto
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 08:55

Não podia estar mais de acordo com Galilei, NESTE caso.

Citação:

"Galileo Galilei lampooned the misuse of Occam's razor in his Dialogue. The principle is represented in the dialogue by Simplicio. The telling point that Galileo presented ironically was that if one really wanted to start from a small number of entities, one could always consider the letters of the alphabet as the fundamental entities, since one could construct the whole of human knowledge out of them."

P.S.: Há muitas mentiras contadas acerca de Galilei. Nesta tem razão!

Poucos sabem, que Galilei pôs os cornos à (própria) mulher, quebrando a palavra dada a ela, de nunca a enganar com outra, o que ele fez, pelo menos durante um certo tempo. Para a credibilidade dum homem, isto é um desastre pessoal e científico!! Quem mente num sítio, mente também noutro?

Poucos sabem, que a Igreja Católica ganhou CLARAMENTE contra Galilei.

Poucos sabem, que Galilei continuou a ser católico.

Poucos sabem, que Ockam é e era cristão e que não gostaria, como a ideia "dele" fosse mal usada, nos nossos tempos. O mesmo sucedeu a Galilei.

Pior: quase ninguém sabe hoje, que DEUS diz CLARAMENTE, que mais tarde, ninguém vai poder desculpar-se, não O ter reconhecido: na natureza, no ser humano e demais, em todo o saber.

Resumo: a ciência ateia é lixo. Porque obriga todos a pensar torto e explicar TUDO sem DEUS. É uma doença grave. Usar a mentira, este método é anti-ciência, claramente.

O que a ciência exacta diz hoje, sobre a esquerda e os jihadistas é isto: o mesmo esterco malvado, a mesma moeda malvada. Dois lados da mesma moeda.

Reparem como os muçulmanos tratam as mulheres e a esquerda também. Mas há muito mais semelhanças. Muito mais, só que a esquerda não as quer discutir. Mas isso não interessa a quem é mesmo curioso.

Porque é que a esquerda odeia o verdadeiro DEUS cristão e "ama", dá-se muito bem, com o deus falso, impotente muçulmano, do qual até hoje não existe nem uma prova?

Jornaleco

A teoria da falsifiação é tão velha como Adão e Eva e muito, muito superior à coisa de Ockam, que não faz sentido hoje nenhuma, já não é precisa.

Não foi Karl Popper que a inventou (ver falsificação), não, não. Popper provou, que o método da falsificação já era conhecido pelos gregos MUITO ANTES do verdadeiro pensador Sócrates.

Quem é que sabe, que o teorema de Pitágoras, não foi inventado por ele e que a civilização da Suméria já o conhecia e aplicava? Para não falar da cultura do Egipto?

Não saber é uma coisa, não querer aprender outra. E provado é, que o homem moderno não quer aprender NADA.

Eu lembro Jean-Paul Sartre e autobiografia dele, onde ele confirma CLARAMENTE a existência do DEUS cristão e um encontro com ELE.

Sartre é um muito bom exemplo, dos nossos tempos. Mas não para o bem. Sartre decidiu mal, porque quis. O preço a pagar no futuro, vai ser horrível, se ele não mudou, antes de morrer.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 09:38

Mais umas observações (interessantes).

1. Os chineses comunistas resolvem o problema.

2. Moçambique é muito, muito rico, falta só a vontade e o saber de governar bem e para todos.

2.a
Mas, nem os EUA actuais são bem governados. Pelo contrário. Os maiores criminosos que se pode imaginar.

2.b.
Nem a China comunista é bem governada. A esquerda europeia pinta um quadro muito falso, errado, de propósito ou por total ignorância, desta China comunista e altamente criminosa.

3.
Isto faz me lembrar uma conversa, uns anos atrás, com um comunista falso, um esquerdista atrasado mentalmente, que pensa ser superior a todos.

Eu vivo na Alemanha e conheço "tudo" muito bem. O esquerdista nunca pôs os pés na tal Alemanha, mas arrogava-se saber melhor do que eu, como as coisas aqui vão, SEM PROVAS. E de provas eu estava à espera. Nem uma apareceu até hoje.

Pior, ele sabia que eu estava na Alemanha, mas nem quis perguntar-me pela minha opinião. É para rir. (E chorar.)

Ele "queixou-se" do grande domínio alemão na área da mecânica e assim, e das máquinas que eles sabem muito bem fazer, que ainda são das melhores no mundo. Afirmou, que a Alemanha era e constitui um perigo, uma ameaça. Infelizmente o tempo não chegou para aprofundar o tema.

Esse gatuno da esquerda, que eu conheço há muitos anos, não teve "tomates" para ver uma verdadeira ameaça, esta China comunista, que segue regras super-discriminatórias e tenta impor as mesmas, INJUSTAMENTE aos adversários.

Mas, da China comunista, esse anso, só fala bem. Vejam lá, esse grande porco falso.

4.
O Moçambique de hoje, não é o de ontem. Uma parte de Moçambique não é contra Portugal. E as pessoas aprendem. Quem não quer aprender, porque diz saber já tudo, é a esquerda em todo o lado, os tais burros, que morrem de inveja.

Jornaleco

5.
O que eu não compreendo, é porque é que os tais políticos em Moçambique querem carros armados de nós. Porquê? Eles, pelo menos a casta do topo actual, estão cheios de dinheiro. O mercado mundial pronto a dar-lhes o que eles desejarem. Desde que paguem bem. Dinheiro não falta.

O Zé Manel é inteligente, desde que não seja da esquerda. E ao Zé Manel Tonto mentem, de manhã à noite. Eles gostam.

Mas sobre quem mente recai a muito maior culpa. E a nossa constituição malvada e estúpida só conhece uma única direcção: o caminho para o abismo, para o comunismo.

6.
Agora, eu acho que Moçambique é actualmente muito melhor governado, do que Portugal. Moçambique é ainda independente, de certa maneira, Portugal ao contrário uma colónia barata e porca de Bruxelas (Paris, Berlim).

7.
Tudo depende da vontade da casta no topo, em Moçambique. Dinheiro não falta. E a nossa imprensa mente muito, é sabido. Na Alemanha já estão como em Portugal, ou pior.

8.
Isto leva-me outra vez à China terrorista e comunista. Lá, nas escolas, os alunos levam sova. Quem não obedecer, pimba!! Com tudo o que dá jeito. Réguas, pontapés a eito, chapadas a eito. Uma evolução muito boa. Porquê? Dum lado, a nossa esquerda atrasada mentalmente e estúpida parece não saber nada da realidade nas escolas na China comunista lá. E do outro lado, eu gostaria ver estas regras impostas cá, na Alemanha e em Portugal. Seria um bom caminho. Só assim é que eles aprendem, a nossa esquerda malvada e burra.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 10:37

[Parte I de II: Congo]

Isto leva-me a outra pequena e curta história. Ontem eu fui ver ao YouTube do "evil Google" as imagens mais recentes sobre o Canal de Suez e o navio de quatro centos (400) metros de comprimento, extensão, com aparentemente 20.000 (vinte mil) contentores, (que dariam segundo um gajo no tal YouTube um comboio de 273 quilómetros de extensão) e que bloqueava tal canal. O facto que mais me interessava, era se já tinham conseguido tirar de lá o barco. E já há um sucesso importante. Muito bem.

Em breves dias tudo voltará ao normal. Os prejuízos são muito pequenos, ao contrário das muitas histórias erradas, na comunicação social (mentirosa e ignorante).

Depois apareceu um vídeo no meu computador, que eu carreguei uns dias atrás (do Deep Web), sobre uma viagem de comboio no Congo. E fez-me bem, ver esse filme, de meia hora, do canal inglês, Channel 5, salvo erro.

É uma linha, que a França, como força colonial, quis construir, do Atlântico até Brazavile (capital). Mas, idiotas como os franceses foram, só dum sentido. No lugar de aproveitarem, gastar um pouco mais, e fazer duas linhas, uma para cada lado. Não. Só existe UMA linha, até hoje. Depois, só quem viu, é que acredita. Tudo num estado de probreza, triste. Triste, mas com uma certa elegância e um certo orgulho. Melhor que nada. E a paciência das pessoas é inimaginável, em Europa. Outro mundo, outras regras.

Do Atlântico até Brazavile são à volta de seiscentos e tal quilómetros. Só a meio, mais ou menos, fizeram mais tarde, depois do Congo ser "independente" uma espécie de Entroncamento. Fizeram outra linha a norte da velha francesa, mas também só num sentido. E também só por causa do transporte, de matéria-prima. A linha existente estava sobrecarragada.

Das vinte e tal locomotivas existentes, só metade funciona. Os engenheiros do Congo dão o seu melhor, para ultrapassar e remediar a falta de peças originais e caras. Quase todas as locomotivas lá existentes são as originais. Ainda trabalham, mas todos reconhecem, que estão velhas.

Acidentes são comuns. O jornalista que fez o filme, foi comprar o bilhete e depois teve que esperar com o resto do pessoal, pelo menos cinco (5) dias, até o único comboio poder começar a viagem, devido a uma falha nos cabos de electricidade, algures. E ninguém informou o cliente. Ninguém. A peças de informação vieram como gotas, e porque viram, que estava ali um grupo de jornalistas estrangeiros a querer filmar tudo.

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.03.2021 às 10:42

[Parte II de II: Congo]

Depois do comboio partir, houve pelo menos mais uma falha grande, dentro dum túnel comprido. A luz falhou durante esse tempo, no comboio inteiro, com mais de 1.500 pessoas lá dentro. E era de noite!! O motor do comboio foi acusado de estar quente de mais e ter falhado. Ninguém sabia, se havia ali uma maneira de fazer uma reparação. No meio do mato, na total escuridão dum túnel e da noite. Após muito tempo, lá conseguiram.

Aqueles, que conduzem o comboio, queixaram-se, que nem conseguem ver à noite, a velocidade do comboio, porque a luz falha e o comboio é muito velho. E quando chove, é um horror. A linha mais perigosa ainda, do que normal.

E como o jornalista é europeu e está acostumado a outro nível de qualidade, começou a pôr perguntas, a procurar pessoal, que lhe dessem respostas.

Lá apareceu um, no "Entroncamento" do Congo, e explicou. Era preciso mais investimentos, mais dinheiro. (O Congo é muito rico, dinheiro não falta!!) E apresentou uma locomotiva chinesa, que era muito mais barata, que as outras marcas (mais caras, mas duma qualidade inquestionável!!).

E uma coisa, o senhor muito bem educado da CP do Congo disse: a locomotiva chinesa, ele não se deixou enganar, nunca na vida vai durar tanto tempo, como as mais caras, mas que duram muito mais tempo (e tornam-se assim mais baratas!!). Mas vai haver e sobrar mais dinheiro para melhorar as linhas, que estão num estado muito miserável. Muito!!

E depois eu pensei na propaganda da esquerda malvada e criminosa. A esquerda já não quer saber um corno nada do Congo. Deixaram os na miséria lá.

O Congo é só interessante para a esquerda de caviar e malvada e estúpida, por causa do carro eléctrico, que faz mais mal ao ambiente, do que o carro actual a combustível. Um facto, que esses gatunos negam, igual.

E eu vi, nesse filme do Channel 5, que agora a esquerda mentirosa e os comunistas chineses malvados e criminosos vão usar o Congo como uma colónia, pela primeira vez, nesse mesmo sentido, usando o trabalho infantil, que eles dizem combater, o que foi sempre uma mentira política, e deixar o povo na sua grande maioria na pobreza.

Porque, construir mais uma linha em paralelo, não seria o problema e aumentava em muito, um factor de mil, a qualidade de vida do povo no Congo. Mas a casta no topo do Congo não quer!! E a linha actual, em muito mal estado, é prioritariamente usada, só para transportar matéria-prima para a China e outros países, que dizem querer combater o clima, mas só querem na verdade encher os bolsos deles.

O povo nada interessa ali, também. E são pessoas duma beleza, que só quem viu, consegue imaginar. Só que tem a pele preta. Mas são tal igual a nós.

Pobreza para as massas, riqueza para a casta no topo. Nada mudou, tudo piorou.

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.03.2021 às 11:48

Acabei de ler só o título dum artigo, num dos melhores blogues alemães actuais, que luta contra a ditadura da doida Angela Merkel.

Citação:
Portugal schickt nach Islamisten-Angriffen Soldaten nach Mosambik

Tradução:
Portugal envia soldados para Moçambique após ataques de islamistas

Jornaleco

P.S.:
Para Portugal deixam entrar muçulmanos a eito, dos piores que se pode imaginar. Especialmente através do Algarve e graças aos porcos ditadores em Bruxelas (Paris, Berlim) e os "nossos" macacos im Lisboa sem espinha dorsal, que querem destruir a nossa bela nação homogénea. E tratam esses falsos migrantes melhor que os portugueses. Um crime!!

E agora, os mesmos porcos em Lisboa, querem ajudar a combater os mesmos em Moçambique?

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs