Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

barradeferro

barradeferro

Em espanha, tal como cá, esta gente que passa a vida a chamar fascistas aos outros, são verdadeiros exemplos de democratas. Tal como André Ventura em Setúbal também Santiago Abascal do Vox foi apedrejado.

Nada disto é novo em espanha. Desde a sua fundação que isto é uma constante em Espanha. A toda a hora na imprensa socialista, novamente tal como cá, chamados de extrema direita, fascistas e franquistas e nas ruas todos os dias alvos de impropérios e agressões.

Uma das coisas que todos nos devemos lembrar é que o extremismo deve ser definido essencialmente por duas coisas: A primeira pela inevitabilidade da violência e a segunda pela negação das regras democráticas, daí a diferenciação entre o que se designa de Radical (adere às regras) e extremista (rejeita as regras democráticas). - De que lado se observa estas duas coisas? quem está a praticar violência (antifa esquerdoide) e a negar as regras democráticas (Ana Gomes)?

Por falar em André Ventura, tal como Santiago Abasca, parece saber (e devo dizer ao contrário do que eu achava) resguardar-se no momento em que se esperaria alguma soberda e até descontrolo emocional após a sua prestação eleitoral.
Quem esperaria um André Ventura exultante a tentar aparecer por tudo e por nada na Imprensa deve estar bem decepionado. O modo como ele se resguarda para a próxima batalha (autárquicas) é revelador que André Ventura não é de todo a caricatura que tentam fazer dele. Por hora, muito bem André. Surpreendente e nota positiva. 

1 comentário

Comentar post