Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Dos que guincham e dos que sabem.

por Olympus Mons, em 26.07.22

Encontrei esta notícia hoje de manhã, no the Hill, para rapidamente esta mesma descer de destaque e até ter dificuldades em encontrá-lo na parte da tarde.

Viktor Orbán sparks outrage with attack on ‘race mixing’ in Europe

Encontra-se ainda vários órgãos de comunicação que o referem, como o The Guardian ou Politico mas não transcrevem o que Orban disse, mas fazem extensos artigos sobre o a revolta dos outros dirigentes (2 ou 3) Europeus às palavras de Orban.

Eu não gosto ou desgosto de Orban. Da Hungria pouco mais percebo do que as suas especificidades e acima de tudo a cultura que tem alguma desconfiança de uma Europa que os abandonou sempre e durante longos períodos históricos aos vizinhos diferentes, fossem estes o império otomano ou até incursões dos Mongóis. Eles nunca nos perdoaram e faz parte da cultura deles.
Já para não falar do que passam as suas minorias pelos países todos ali à volta.
Fora este parco contexto, pouco sei ou ligo a Orban e à Hungria.

No entanto em alturas, como no tema das alterações climáticas, já tinha reparado que ele quando falava era muito mais conhecedor do que aquilo que seria de esperar e milhares de vezes mais perto da realidade nas suas palavras do que os restantes líderes europeus.

Mas voltando ao que ele disse agora:

“In such a multi-ethnic context, there is an ideological feint here that is worth talking about and focusing on. The internationalist left employs a feint, an ideological ruse: the claim — their claim — that Europe by its very nature is populated by peoples of mixed race. This is a historical and semantic sleight of hand, because it conflates two different things,” Orbán said in his speech. 

“There is a world in which European peoples are mixed together with those arriving from outside Europe. Now that is a mixed-race world. And there is our world, where people from within Europe mix with one another, move around, work, and relocate,” he added. 

Eh pá… Na mosca, no bullswye!

Eu Já nem falo de políticos, até falo de comendadores com carteira intelectual, pessoas ditas eruditas, fazem aquilo que Orban tão bem (para politico) ali descreve!

A diferença que ele, Orban, ali faz sobre o que é história genética é essencial para se perceber minimamente o mundo.

Os Europeus são do mesmo stock de pessoas há mais de 5 mil anos, são uma especificidade nascida das tais componentes que aqui tantas vezes falei de WHG+EEF+Yamnaya, sendo que Yamnaya são uma combinação do EHG (Eastern Hunter gatherer)  e do CHG (Caucasus Hunter..). Sendo que esta componente CHG também entrou, em barda e bem antes dos Yamnaya pela Europa a dentro na idade do Cobre, Vindo pela Grécia, Itália, etc para pouco depois o CHG também chegar pelas estepes da Ucrânia. – Complexo, não é? mas a partir de determinada altura, foi isto e mais nada. E com propriedade se volta a dever, não é poder é dever, chamar aos Europeus Caucasianos (pese embora faze-lo seja uma simplificação).


Depois foi chocalhar, misturar, misturar e deixar cozinhar esta massa genética durante milénios. Na idade do Ferro já estava perfeitamente centrifugado e isso é um europeu.

E peça a um programa de computador que crie um PCA com todos esses SNP, alelos e polimorfismos que representam os europeus e o programa de algoritmo não hesita em fazer uma bola com todos os Europeus no vértice das heterozygosity e heterogeneidade genética dos humanos do planeta. Coloque os admixes genéticos do planeta todo e o europeu é aquela bola “compacta”.

Um japonês tem 1.500 anos, um indiano menos de 2.000 anos e aquilo que você considera um africano não terá mais do que 3000 anos (pelo menos habitando nas diversas regiões de africa e talvez o espante saber que um negro sul africano completou a sua genética há 1000 anos (1300AD)… e quem se tramou foram os Khoe-San. Mas isso é outra história. Mas um Europeu está aqui há 5000 anos!

Quando alguém diz que os Europeus já são uma mistura de raças está a usar um truque, como Orban diz, um ruse, para enganar as pessoas. E esta farsa suicida está em curso.

Mudar o admix genético de uma região terá consequências para além do antecipável. Faze-lo deliberadamente é bom que se saiba de antemão no que resultará. Não se pode arriscar porque o cemitério da história está cheio destes incautos.  E algo de diferente vai resultar e não me é claro que a Europa, com toda a envolvência da palavra, na sua essência milenar, tenha que desaparecer para haver um mundo melhor. Muito pelo contrário. O mundo, o planeta, é a Europa! Tudo foi criado e construído por estes. E se o mundo mudou e temos que reajustar os paradigmas vamos fazê-lo com sensatez e cautela, porque o abismo está sempre ali ao lado.

Também por isso cadeiras ou áreas como a genética comportamental estão em cerrado ataque por parte da esquerda, por isso qualquer alusão por parte de pessoas da Arqueo-genética de que é inevitável que se use as mesmas ferramentas que eles hoje em dia usam para desvendar o passado para se determinar diferenças comportamentais das populações humanas é recebido com o mais ameaçador aviso de cancelamento da vida dessa pessoa, por isso a psicometria passou a ser palavra suja.
Prefere-se viver na mentira! Como a esquerda sempre gostou!

Podem guinchar o que quiserem contra Orban, que na realidade dos factos e da verdade ele dá de cátedra aos patetas idiotas que nos governam a todos na Europa.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Paulo Cunha a 29.07.2022 às 12:22

Não conhecia o hiil. Bom jornal.
Estou farto de ler lixo.

Que mais sites ou revistas e jornais recomendas?

Obrigado
Sem imagem de perfil

De manuel a 01.08.2022 às 16:21

"As verdades, neste caso as escritas, são para serem ditas"

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Blogs