Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ele há doenças...

por Olympus Mons, em 13.04.21

Capture RIOVENTURA 2.png

Para que fique claro. Eu acho que José Sócrates é corrupto. Eu acho que Pinto da Costa também era culpado.  Mas também acho que “achar” é uma porcaria e quem muito acha devia levar um murro nas fuças. -  Ou sabe ou cala a boca e aceita as decisões. E para saber, legalmente, tens que ter meios de provar de acordo com as leis da terra.  Ou consegues ou, novamente, cala a boca.
Eu achava que Pinto da Costa era culpado, mas se alguém quisesse meter o senhor na cadeia porque eu, ou essa pessoa, “achava” que ele era culpado eu seria o primeiro a defender o direito de Pinto da Costa de ir em paz.

Aparentemente, já se sabia (provar)  que que José Sócrates era corrupto de um determinado crime mas o Juiz e a procuradoria nem ler o mesmo documento e interpretar de forma correta quando o crime prescreve conseguiu. Estão a ver ao que isto chega em que nem os dois profissionais a ler o mesmo texto estão a entender a mesma coisa relativo a algo tao tangível como o prazo em que o crime prescreve. E novamente, pelo que li, o Juiz tem razão de acordo com um acórdão do TC.  Mas vamos aguardar porque com um pouco de sorte, além do teatro, ainda pode ser que se consiga saber algo de mais concreto sobre esta situação.

Mas não escrevo este post para voltar a frisar um ponto que já fiz. Escrevo este post pelos dois senhores acima na imagem.
Hoje ao percorrer as capas dos jornais não faltam peças com Rui Rio a dizer que o regime está doente.

Muito do que escrevi sobre a legislação e o modo como os portugueses gostam da indefinição das narrativas também se aplica aqui. Nas notícias sobre as palavras de Rui Rio que o “Regime está doente” existe um subjacente elogio à posição dele. Já quando André Ventura faz críticas similares ao regime, é-nos criada uma narrativa bem diferente, não é?
Ou fazer críticas a regime é aceitável e até benéfico ou não é! tem que ser igual para todos. Muitas das críticas que André Ventura fez ao regime era precisamente no contexto do combate à corrupção (!). Mas essas críticas do senhor foram recebidas de forma muito diferente na sociedade portuguesa e muito especificamente na imprensa, não foi?

É o que escrevi. Democracia pode não ser para todos e o fascismo parece fazer sentido para alguns. Veja-se este Fascismo Cultural de Esquerda em que vivemos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.04.2021 às 20:24

O que é uma prova?

Fonte:
https://blasfemias.net/2021/04/12/nao-nao-e-uma-questao-de-8-e-80-nem-de-duas-faces-do-tic/

Jornaleco

P.S.:
As regras são para todos iguais ou não?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.04.2021 às 20:44

Será que eu estou a sonhar, metido num pesadelo?

1. Misturar o caso Sócrates com aquele de Pinto da Costa? Illegal. Contra todas as regras científicas.

2. Aceitar quais decisões? Dum sistema que só sabe enganar e prejudicar? Confiar em mentirosos notórios?

3. [...]


4. Meios de provar? Onde é que faltam provas? Onde? Quando o juiz corrupto Ivo Rosa desvalidou as provas existentes, ele não disse que as provas eram falsas.

5. Estude bem o artigo no blasfemias.net de ontem. Esse artigo prova claramente, desde que seja verdade o que lá foi dito, que o juiz Ivo Rosa nunca devia ter tido a pasta neste processo com o corrupto Sócrates. Nunca!!

6. O seu erro fundamental aqui é cimentar uma justiça parcial e corrupta como autoridade falsa. A nossa justiça não é perfeita. Então porque é que tenta afirmar o contrário?

7. Os portugueses não existem. Eu não são culpado pelo trabalho de esterco dos outros. A culpa está SEMPRE ligada só ao autor do crime, mais nada.

8. Eu sou português e INOCENTE.

9. Democracia? Qual democracia? Existem milhares de variantes. Porque é que o meu voto não tem o memso peso, como aqueles que vivem em Portugal? Porquê??

10. O termo democracia é só uma palavra oca. E o conteúdo? O fascista José Saramago, um grande asno, que sabia escrever livros muito interessantes, sem dúvida, arrogou-se depois, espalhar as suas mentiras e o seu não-saber por todos os lados. Eu viu em realidade duas vezes na Alemanha. O gajo percebe de política e de democracia tanto como qualquer vaca de saber fazer chapéus de palha. Nadinha.

Mas Saramago continuava atrevido a falar sempre de democracia, democracia. Insinuava que o PCP era o partido mais democrático do mundo. E aqui desculpe: não há mais crime, do que dizer, defender uma coisa dessas.

11. A Alemanha actual é democrática? O que se passa actualmente em Berlim, é democrático?

12. A UE é democrática? Onde?

Jornaleco


13. O ser humano tem o direito de achar o que quer e dizer o que quer. Sem limites. É o que a esquerda fascista faz, desde o primeiro dia. E os outros não o podem fazer?

14. Donde vem a riqueza do José Sócrates? A matemática já não é válida? As regras de matématica não são válidas mais?

15. Tudo o que se viu ao longo dos anos, se ouviu, leu, foi falso, sobre Sócrates? Ai sim?

16. E como é que trataram Trump? Já se esqueceu? Onde estão as provas contra ele? Onde? A esquerda interessou-se alguma vez por uma única prova?

17. Provas contra esta esquerda podre e corrupta faltam ao contrário?

18. Pague-me um ano ou dois de pesquisa e todas as despesas acrescentadas e garante-me a minha vida, que não me matam e deu-lhe tantas provas, que você vai ficar AFUNDANDO nelas.

Isto leva-nos à pergunta decisiva: o que é uma prova?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.04.2021 às 21:35

Muitas provas!! Milhares delas. Qualquer juiz honesto atirava-se a elas. Se em Portugal houvesse uma verdadeira separação de poderes. Se!!

Fonte:
https://doportugalprofundo.blogspot.com/

Jornaleco

O blogue dum autêntico intelectual com muitas, muitas provas, ao longo dos anos. E com um livro especial sobre José Sócrates, um falso engenheiro.

Onde é que faltam provas? Onde?

E você e qualquer pessoa tem a obrigação de verificar a vericidade de todas as acusações que António Balbino Caldeira redigiu.

Quantos anos precisa para isso? Quem quer fazer e reproduzir o trabalho dele?

Só num ponto, é que o prof. Balbino Caldeira deixou-se enganar: na análise ao Trump. Ele caiu nas mentiras da esquerda fascista.

Onde (!) é que faltam provas, para condenar o José Sócrates, e o resto da organização criminosa?

O que falta são juizes corajosos e imparciais, não corruptos. Só isso é que falta.

E mudar as leis existentes, que permitam pôr os mesmos nas cadeias.


PERGUNTA: O sistema judicial no Brasil não é corrupto? Em grande parte?

O Lula da Silva, condenado, não quer concorrer agora, atrevido como é e louco, PROTEGIDO pelas mentiras organizadas da esquerda lá, outra vez à presidência do Brasil?

O Lula da Silva é inocente?
Imagem de perfil

De Olympus Mons a 13.04.2021 às 21:45

Jornaleco, Não dá.
Se fizermos isso esconde-se o problema.
Para resolver o "problema" temos que forçar o país a olhar para si próprio e perceber que desde o momento em que entra para a pré-escola começa logo a ser doutrinado para o insucesso .

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs