Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Great expectations

por Olympus Mons, em 08.03.21

Gostei deste paper porque me ocorreu que representa muito bem o resultado final destas guerras culturais que estão a ser cozinhadas nos EUA e por conseguinte no resto do mundo.  Diz, o estudo, que as pessoas têm a expectativa de ser melhor servidas se quem providenciar esse serviço tiver sido identificado como liberal (esquerdoide) mas acabam por realmente o ser, melhor servidas, por pessoas que foram identificadas como sendo conservadoras, porque pessoas desta natureza são possuidoras de "consciencious" que é uma das marcas para o sucesso. 

Mas primeiro, o paper:

Abstract

"This research documents the counterintuitive effect that consumers actually have better service experiences with politically conservative service providers, but expect to have better experiences with politically liberal service providers. First, we document the effect in actual consumer service experience across three different contexts (Airbnb hosts, Uber drivers, waiters), and demonstrate that conservative (vs. liberal) providers enhance consumer experience (studies 1, 2a, 2b), because conservative providers are higher on trait‐conscientiousness (study 3). Second, in an experiment (study 4), we document expectations about service experience and demonstrate that consumers expect to receive better service from liberals (vs. conservatives). We explain that this effect emerges because consumers do not perceive that conservatives (vs. liberals) are more conscientious, but do perceive that they are less open. Overall, our theoretical framework outlines how conservative providers possess an unknown strength (higher conscientiousness) and a known weakness (lower openness), which leads to different actual and expected consumer service experiences. These novel findings provide valuable contributions to our understanding of how consumers are impacted by the political orientation of marketplace providers."

Por isso escrevi abaixo que em tantas coisas no mundo enquanto as pessoas apostarem nos "serviços a ser prestados", seja politicamente, combate a pobreza, combate a catástrofes, resolução de guerras, problemas de igualdade entre raças diferentes, problemas de resolução de qualquer, qualquer problema, por esquerdoides a esquerdalhar... vão acabar mal servidas. 

Não obstando que a componente esquerdoide no mundo ser importante pelo desequilíbrio útil que trazem,  nomeadamente sendo mais "openess" a coisas novas e com isso promovendo alguma regeneração, a verdade é que a necessidade desta regeneração comparado com a estabilidade conservadora é coisa menor. O preço a pagar pelo fim da estabilidade vem já aí a seguir.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Imagem de perfil

De Zé Onofre a 08.03.2021 às 03:22

Em Portugal, o preço que pagamos por 48 anos de "estabilidade" foi analfabetismo, atraso cultural, emigração,....
Zé Onofre

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs