Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ignition… Abort abort!

por Olympus Mons, em 21.07.22

Abortado.

Capture prolife (1).PNG

Estava a ver umas sugestões dos shorts do Youtube e vi este vídeo da imagem.

Não foi o primeiro, mas sim o último de uma série de muitos que já vi criando em mim a intenção de fazer este post.

Nos EUA existe e existiu desde sempre uma divisão de 50% entre as pessoas que suportam o aborto e aqueles que acham que devia ser banido.
A curiosidade é até quando, até que estágio da gravidez, as pessoas suportam o direito ao aborto, vi imensos vídeos de pessoas a quem era perguntado se eram a favor do aborto e a resposta imediata era de fuck yeah… mas quando a pergunta era até quando, a esmagadora maioria das pessoas dizia 10 semanas ou primeiro trimestre! Quase todas. E quando era mostrado uma imagem de um bebé de 25 semanas as pessoas, mesmo os mais fervorosos fuck yeah reagiram com verdadeira repulsa. “Dude thats a baby!

Ao debater tudo isto sob a égide da Roe vs Wade, pelo modo como foi sustentada a decisão do supremo (direito a privacidade) em 1972, os limites da permissão do aborto eram dificeis de definir. A cegueira idiológica levou a que quanto mais desconfortável a direita norte-americana ficava com as leis que iam sendo promulgadas estado a estado, mais a esquerda aumentava os prazos. No Colorado penso que já vai nas 35 Semanas e debatia-se na Califórnia até ao nascimento do bebé.

Que fique claro, a esmagadora maioria das pessoas ao ver a imagem concorda que na maioria dos estados norte-americanos se pratica infanticídio, é só que a questão é sempre debatida com um sulco vincadamente ideológicos e portanto completamente abstrato. Este é o mundo em que vivemos em que tudo pode ser manipulado de forma descarada que nem com acesso a um google as pessoas são capazes de raciocinar a realidade na suas nuances.

Mas o que teve piada neste vídeo da imagem é que o jovem ao aparecer na manifestação para debater a questão foi recebido com uma agressividade inusitada, aos gritos à volta dele, vários a gritar coisas como “small dick vibe, small dick vibe”.

Este grupo de jovens que vê na imagem gritava que ele era nojento e coisas do género mas ele calmamente e com um sorriso insistiu até que elas decidiram falar com ele.

Resumindo esta conversa, quando ele mostrou fotos dos vários estágios dos fetos para que elas pudessem decidir até quando é que devia ser permitido o aborto, elas foram unânimes em dizer que era 10 semanas altura em que se começava a formar os órgão e se ouvia o coração…

O jovem diz: Mas vocês estavam aos gritos comigo porque eu tenho uma placa a dizer só no 1 trimestre e o primeiro trimestre vai até às 13 semanas…. E vocês todas agora dizem que devia ser 10 semanas!

A cara delas a ligar o cérebro e aquilo tudo a chocalhar é uma delícia.

Ignition… Abort abort!

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Jornaleco a 21.07.2022 às 23:17


Não existe aborto nenhum.

Falamos de matar de libre vontade um ser humano.

E essa canalha que "adora" matar seres humanos, demonstra mais uma vez, que são fascistas, porque actuam como tais. Quem faz o que "fascistas" fazem, sempre praticaram, é fascista. Lógico.

Eles não respeitam decisões "democráticas".

Jornaleco


A esquerda foi sempre podre.

Na Alemanha, o partido dos verdes (comunistas), o partido socialista alemão (SPD), e o PSD alemão (CDU), os secretários gerais desses, nenhum consegui terminar os seus estudos universitários, estudaram coisas, que ninguém precisa, que não produzem riqueza nenhuma, e estudaram muito tempo. Ar quente, inútil, vazio.

São uns zeros, uns burros malvados totais, arrogantes, e querem MATAR vida humana, até à véspera do nascimento.

Querem lutar por esse "direito" porco.

Se isto não é decadência, o que é então?

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Jornaleco a 21.07.2022 às 23:30

Lembrar!

Quem souber pesquisar ao mais alto nível, vai poder confirmar, o que eu agora escrevo.

A UE actual eu uns anos atrás, a aqueles que praticam práticas sexuais fedorentas, o culto da morte, direitos privilegiados.

Que pôr a cenoura no cu de outro homem, pertence agora à elite europeia.

Quem for "hetero" é esterco, um ser humano de segunda, terceira, quarta classe.

E a iniciativa para esta porcaria decadente veio duma puta malvada de Sintra, do partido mais criminoso em Portugal, o PS.

Jornaleco


A prova de que são anti-democráticos ficou bem clara em cima da mesa.

A tal proposta dessa porca socialista foi rejeitada pelo menos seis vezes. Eu repito: SEIS (6) vezes, ou até sete.

Depois os corruptos anti-democráticos, perante as derrotas, lembraram-se, de lançar mais uma iniciativa, proposta, em nome duma porca da Áustria, uma "feminista" dos verdes (comunistas). E lá o parlamento ilegal em Bruxelas, o qual é não reconheço, passou esse crime decadente.


Mais uma prova.
Em Berlim, o ano passado, 60 (sessenta) a 80 (oitenta) mil seres humanos, que gostam de práticas sexuais fedorentas, puderam festejar ao ar livre, SEM máscara, puderam apalpar-se ao ar livre, fazer amor ao ar livre, e a polícia não levantou objecções nenhumas.

Pelo contrário. Protegeram esses anti-democráticos.

Um dia a seguir, UM SÓ DIA, houve um concerto com à volta de 2.000 pessoas (este grau de rigor tem que chegar agora!), na mesma cidade, Berlim, ao ar livre, num sítio fechado e foram obrigados a usar a máscara, a guardar disctanciamento!! A polícia exerceu o seu poder com TODA A BRUTALIDADE.

A cantora ficou indignada.

O que é que isto nos ensina, se for verdade, o que eu relato?






Sem imagem de perfil

De Jornaleco a 21.07.2022 às 23:53

Devia pesquisar a história do negócio, por detrás da matança de seres humanos, na véspera do nascimento.

Planned Parenthood.

O pai de Bill Gates teve na direcção dessa organização.

Fale, escreva o que é que esses porcos e assassinos fazem com os corpos dos seres humanos, que matam.

Fale, escreva dos negócios multi-milionários.

Produtos de beleza com bebés assassinados.

E muito mais.

Jornaleco


1.
Kamala Harris foi advogada em Califórnia, trabalhando para o Estado de Califórnia.

Um chamado "whistleblower" falou dos crimes escandalosos, que essa organização praticava, com os corpos dos bebés matados, de livre vontade. E que os vendiam a empresas.

Seria obrigação da tal puta Kamal Harris, de defender o whistleblower, não é?

Só que a tal Kamala Harris (vice-presidente actual com o pedo-Biden) perseguiu o whistleblower.

Sim, sim.

2.
A mesma Kamala Harris queria acabar com a polícia em Califórnia. Mas só para os outros. Ela própria precisava e queria a polícia para a proteger. O que ela fez.

O culto da morte domina o pensamento (político) em Europa e nos EUA.

Procure entender, perceber, como é que isto sucedeu.

3.
Eu lembro, que as actuais injecções genéticas experimentais, usam também elementos dos bebés ASSASSINADOS.

Não sabia?

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Blogs