Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Insustentável

por Olympus Mons, em 05.04.21

Capture Elon1.PNG

https://www.youtube.com/watch?v=UGHhRH9MKxk
Elon Musk é alguém que fui apreciando ao poucos.

Este curto vídeo dele, em que diz “its likely there will be a new dark ages...” é talvez das coisas mais interessantes que ouvi dele. Porque não há muita gente com esta perceção e acho curioso que tenha sido ele a verbalizar.

Para ele, como para mim, olhando para o passado dos humanos, dark ages é tao normal como idades de ouro (golden ages) como a que vivemos agora.  E curiosamente, os humanos cansam-se das idades de ouro e naturalmente suicidam as suas sociedades e civilizações. As Idades de ouro trazem consigo uma insustentável leveza do ser que só existe quando nada, nada, te ameaça. Para algumas pessoas ausência de aniquilação traz uma insuportável insignificância. têm dificuldade em fazer sentido da vida.  

O mundo já acabou, registado historicamente, 2 vezes.  Eu acredito que 3, porque a primeira (que talvez nem tanha sido a primeira) não havia história ou formula de a registar para além da mitologia.  E claro a definição de "mundo" é civilizações, ou mesmo grupo de civilizações, suficientemente grandes para ser notado para quem observasse, vá lá, do espaço por exemplo. fim do mundo é o seu colapso em uníssono e sem substituto. Robert Drews escreve: Within a period of forty to fifty years almost every significant city in the eastern mediterranean world was destroyed, many to never be occupied again. Muitos conhecem por exemplo, troia, Allepo, Emar.

Historicamente o “mundo” primeiro acabou no ano 1177 antes de cristo (AC). O fim da idade do bronze. Curiosamente é mesmo o ano específico (ou perto disso) em si a partir do qual se registra um descalabro “mundial” (outra vez grupo de civilizações) a um ritmo impressionante. Não devo prosseguir sem antes referenciar que, para mim, a primeira vez que o “mundo” na europa acabou foi no 4º milénio antes de cristo. No 5 milénio, no fim, tínhamos Varna, fim de Vinca (cidades tinham mais de 20 mil pessoas) e tudo acabou provavelmente devido a alterações climática (5.9 Kiloyear event) e levou á chegada de nómadas do leste que ajudou à festa. No período de um Século tudo desaparece.
Contudo, após os tais 1000-1500 anos de dark ages temos a normalização que levou á idade do bronze (devido ao aquecimento global) . As pessoas não tem noção de como a idade do bronze, há 3500 anos, era como hoje em dia.  Evidente que tecnologicamente estamos muito distantes, mas a normalização da vida das pessoas er como hoje em dia. Ler a carta da viúva ao rei dos Hititas sobre direito da propriedade, as reclamações do nobre Akkadian sobre o modelo dos sapatos que não eram os que ele tinha encomendado de Grécia a 2 mil quilómetros, ver a pintura e arquitetura Minoniana, tanto, tanto… uma geração depois até a escrita desapareceu e a cerâmica regrediu mil anos – Dark ages.

Passados 1000 anos temos o império romano e não vou maçar ninguém com isso, mas todos sabemos o que se passou com o seu descalabro. - O output industrial só voltou a ser igual após a revolução industrial quase 1500 anos depois, a probabilidade de um soldado sobreviver ao ser ferido só voltou a ser igual na primeira guerra mundial, etc.

Agora é olhar para a loucura que estamos a viver, ainda por cima no melhor período de sempre da humanidade, e todas as apostas de quanto tempo mais isto dura até a tal dark age está em aberto. Ficaríamos surpreendidos se alguém conseguisse sondar a mente dos nossos concidadãos e soubesse a quantidade que está ansiosa por esse fim do mundo porque este mundo bom é uma insustentável leveza. Que venha então o suicídio.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.04.2021 às 14:54

1.
Citação:
"[...] Ler a carta da viúva ao rei dos Hititas sobre direito da propriedade, as reclamações do nobre Akkadian sobre o modelo dos sapatos que não eram os que ele tinha encomendado de Grécia a 2 mil quilómetros, [...]"

No idioma alemão, a palavra "Hitita" é traduzida em Hethiter.

Durante muito, muito tempo, mesmo muito,
só a Bíblia é que testemunhava sobre essa super-potência, daqueles tempos.

Aqueles que não gostam da Bíblia, que são inimigos, que apoiam as escolas de pensamento adversas, diziam que era mentira, que não havia provas nenhumas, sobre esse povo. Que não era, não podia ser verdade. Que era tudo inventado, tudo mitologia!! Haha.

Mas, quando, por volta dos anos de 1750 depois de Cristo ou assim, a Europa começou com as escavações no Médio Oriente, também lá, e pouco a pouco, vieram então depois as confirmações.

Pimba. A Bíblia ganhou mais uma vez. Ganhou até hoje sempre.

Só que os adversários calam-se e não dizem nadinha, com muita amargura.

Este grau de rigor, que chegue agora. Eu tenho algures apontamentos, sobre isto. E sei onde encontrar a literatura. Até tenho umas cópias algures no meu computador, dos quais eu tenho muitos usados.


2.
Cuidado com o termo "mitologia."

As escolas de pensamento da esquerda usam isso, esse termo, como meio parar caluniar, difamar, descredibilizar o "adversário".

Nós sabemos muito pouco, sobre esses tempos.

Mas uma coisa aprendi, com muitas provas: a esquerda foi sempre mentirosa. E não tem credibilidade nenhuma.


3.
Elon Musk.

A empresa dele não faz lucro nenhum, NENHUM!!

Ele ganha só muito dinheiro com a venda de direitos, que lhe são oferecidos, atribuidos de BORLA, pala mafia do ambiente, que despreza o ser humano e o quere tornar num escravo.

Musk vai também com a puta da mãe Gaia para a cama e ganha muito bem com isso.

É a vigarice com o carbono. E Musk aproveita.

Quando é que Musk disse algo contra a vigarice, que o ser humano aquece o clima na terra? Eu não me lembro. Alguém têm informações sobre isso?

Pelo menos, eu fiquei a saber, que Tusk dava-se bem com Trump e o respeitava. Se assim for, diz muito sobre ele.


4.
A esquerda combate a tradição, a inteligência, porque quer criar um super-homem, moldar o mesmo segundo as regras dela.

Musk já fez algumas afirmações, indirectas, avisando do perigo, que a chamada AI (artificial intelligence) vai ter, sobre a nossa vida.

Mas quem é que ia ligar às palavras de Musk, se ele fosse pobre?
Quem é que liga às nossas palavras?

Ninguém liga às palavras de quem não é rico (diz a Bíblia, por exemplo).

A chamada AI não é inteligência nenhuma. Aqui Tusk está completamente enganado.

Mas certo é, que o novo "Dark Age", que vai ser o último e o pior de todos os tempos, isto poucos sabem, vai usar a tecnologia informática, para escravizar os seres humanos.

O que já sucede, na China comunista, por exemplo.


5.
Musk e outros grupos, também uma empresa "holandesa", querem levar o ser humano para o Marte. Para o planeta Marte, segundo a propaganda, já a partir do ano de 2023.

Dois de cada vez. Duas pessoas cada ano.

E para esse efeito, querem combinar o ser humano com tecnologia. Dar-lhes interfaces informáticas, no corpo humano.

Esses do WEF marxista em Davos, os que nos andam a terrorizar com o ambiente, puxam a mesma corda como Musk e a empresa holandesa.

Criar um super-homem. E o pretexto é a colonização do planeta Marte. O truque.

Porque, nunca na vida, eles vão poder conseguir colonizar esse planeta. É tudo propaganda, mentiras baratas, para manipular as massas aqui na terra.

Vai ser um total fracasso.

Jornaleco

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs