Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Lafayette Park

por Olympus Mons, em 14.06.21

Quem não se lembra das notícias atrás de notícias durante meses, de Junho até às eleições de Novembro, quando Donald Trump e restante staff da casa branca atravessaram Lafayette Park para rezar em St. John's Church.
O escândalo que foi os manifestantes serem afastado a gás lacrimogéneo. O escândalo durante meses, após meses, após meses…
Acontece que agora que saiu o resultado da investigação ao incidente, a mesma imprensa que teria levado 10 minutos a perceber a verdade, porque estava lá,  e deliberadamente mentiu…mentiu!... durante este tempo todo agora mostra-se muito chocada por ninguém lhes ter dito a verdade.
A verdade? – Os manifestantes foram afastados porque a empresa que ia instalar o novo sistema de segurança na vedação que circunda a casa branca tinha chegado!

A classe mais desonesta do século XXI é sem dúvida os jornalistas.

E como o mundo se enrola em estupidez e quando já não é preciso se desenrola em surpresa, como aconteceu com a hipótese de que o início da pandemia poderia ter tido origem num acidente do laboratório de virologia onde se faz gain-of-function research. Temos todos que nos lembrar que até há um par de meses atrás aventar essa possibilidade levaria a avisos por parte do Youtube, Facebook e Twitter de suspensão ou até banir da conta ou canal da pessoa e agora já não é problema nenhum.

Para mim cereja no topo do bolo é ter ido ao Bioarx e encontrar papers que nos dizem que tomar hidroxicloroquina com zinco efetivamente evita efeitos graves do Coronavírus. – Não faço ideia da validade desses estudos, mas que era só o que faltava ter sido a desonestidade de jornalistas, entidades e instituições, por causa do seu ódio a um político, a provocar um acréscimo de mortes que teria sido desnecessário. -  Que consequências seria justo impingir a esta canalhada?

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.06.2021 às 15:05


Uma pergunta.

Em Portugal é discutido abertamente sobre os efeitos desta vacinação que não é precisa? Há uma discussão dessas?
Posições que defendem a não-vacinação de jovens e crianças, claramente? E que cheguem aos ouvidos dos respectivos ministérios?

Citação:
"[...] Bis zum 26.5.2021 sind in UK laut Yellow-Card-Meldesystem bereits 1.253 Menschen durch die Impfung getötet worden (in Deutschland etwa 870 bis zum 31.5.) und knapp 900.000 Nebenwirkungsfälle berichtet worden. Die Autorin geht aber zu recht von einer hohen Dunkelziffer aus, da Nebenwirkungsraten generell zu niedrig ausfallen und mit der Zeit weiter ansteigen werden (wegen der langfristigen Autoimmunreaktionen, die zu erwarten sind). Es dürfte also bereits heute deutlich mehr Opfer der Impfungen geben, als berichtet wird."

Fonte:
https://www.achgut.com/artikel/impffolgen_wieviele-wird_es_treffen


Tentativa duma respectiva tradução, que seria mais vasta, se eu tivesse acesso a um diccionário especializado em medicina (alemão-português):

"[...] Até ao dia 26.5.2021 morreram 1.235 seres humanos devido à vacinação, no Reino Unido, segundo o sistema-de-notificação Carta Amarela [Yellow Card] (na Alemanha mais ou menos 870 atè ao dia 31.5) e à volta de 900.000 casos de efeitos secundários graves foram relatados. A autora defende que os verdadeiros números são ainda muito maiores, e que têm a tendência de subirem com o tempo (devido às reacções contra o sistema de auto-immunização, que são esperados). Por isso é de contar com um muito maior número de vítimas da vacinação, em relação ao qual, que é falado até hoje."


Para terminar:
Uma mensagem clara, até agora sempre confirmada, desde Novembro de 2020 até hoje: o verdadeiro propósito da vacina é enfraquecer a capacidade do corpo humano em auto-defender-se contra todas as doenças, de destruir o sistema humano de auto-immunização, para assim dizer.

Assim aumentar o risco de todos que se deixam vacinar, de adoecer, por seja que for, no futuro.

Esperamos que assim não seja. Mas muito indica, que isto é uma das maiores burlas, que a humanidade alguma vez viu e passou.

Jornaleco

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs