Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mar de felicidades

por Olympus Mons, em 23.02.22

“Cross- national and longitudinal evidence for a rapid decline in life satisfaction in adolescence”

Michael Daly et al.

Pode parecer que dedico tempo inusitadamente sobre estes temas relacionados com os adolescentes. Convenhamos que escrever posts sobre a filha de Brad pitt e Angelina Jolie pode parecer tema frugal, mas aquela mesma jovem que já foi poster girl (Boy) para transgenderismos ainda vai acabar como supermodelo feminino ou mega ídolo feminino quando estrear no primeiro filme em bikini. Mas a bulshitada estava lá, até nas palavras da mamã da menina, Deus sabe com que consequência para muitos miúdos com pais com dificuldades em encontrar o outro neurónio.
Mas ao final do dia temos que nos lembrar que o futuro é , e server para, estes jovens. O que os

 Este estudo é curioso, porque nos demonstra, e estudos com quase 1 milhão de pessoas realizadas em 43 países são do real deal, nos mostra que de 2010 a 2018 o nível de felicidade dos adolescentes entre 10 e 16 anos caiu de forma dramática.  -Alguém que nos explique como é que esta asserção do direito dos jovens se manifestarem na plenitude da negação das normas é uma coisa boa e algo que o mundo esperava ansiosamente.  É que os miúdos cada vez são mais infelizes!  -  a ler https://psyarxiv.com/zdhe7/

Especialmente neste mundo em que nas expressões das apps que eles adoram, os Instagram e tik-toks, nos recreios e até salas de aulas, nas ruas e nos parques das cidades por esse ocidente fora existe um asseverar da negação do CIS, da negação da norma e do afirmar do fringe enquanto nova norma saída da tão amada intencional destruição dos status quo que a esquerda dona e senhora do estado do mundo adora… os miúdos, e especialmente, muito especialmente, as meninas estão com um decréscimo tão acentuado da satisfação com a vida? De 2010 para agora esse decréscimo é extraordinário. E isto tudo antes sequer da ocorrência do Covid. - Imaginem quando alguém medir pós-2022. Se já assim estavam em 2018, com os últimos 3 anos devem estar bem pior.

A quem mandamos a conta dessa infelicidade toda?

Quem é esta gente que governa o aceitável?  É a mesma gente que acha normal vacinar crianças para os proteger a eles. É a mesma gente que começou por empenhar o futuro dos filhos e netos com a inflação, quando esta já não dava endividou os filhos e agora vive alegremente a endividar os netos.
Sejam boomers, seja em portugal os comedores do camarãozito hedonístico nas festas e bejecas do ahhhh! ao final do dia, fica a sensação de toda uma geração que se intoxicou com dopamina rasca e nada deixa para quem vier a seguir. Nem uma educação e responsabilização de gente.

Cá em Portugal olhem para eles, que ainda hoje nas salas do elitismo, nao só nacional como Europeu, são os bêbados da aldeia global:

Grândola, vila morena
Terra da fraternidade
O povo é quem mais ordena
Dentro de ti, ó cidade…

wink, wink , já vos falei de meta-normas saidas do 25 de Abril,  as tais que apodreceram em sistema, e sobre quem as criou?

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs