Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



metade de rato

por Olympus Mons, em 07.02.21

Capture oslo (1).PNG

Sempre que ouvirem Medina, ou mesmo Guterres, quiçá até Biden, falar sobre redução de emissões de CO2 juntem mais esta aos muitos exemplos já dados por mim aqui.

Esta imagem é para mostrar que, e eu lembro-me como se fosse ontem, as grandes proclamações relativas à redução de emissões são só tanga. Ao final do dia todos eles sabem que não tem verdadeiramente pressa em fazer nada.
As autoridades de Oslo, na Noruega, em 2015 anunciaram que iriam cortar para metade as emissões de CO2 da cidade em 4 anos! Metade. Tinham um plano todo delineado. Transportes, regras de isolamento, tratamento àgua… tudo certinho. Soarem trompetas, tocaram sinos e odes à cidade que iria ser um exemplo para o resto da humanidade. -   Sabem quanto cortou até 2020? – 2,5%! vou repetir 2,5%.

A lição tirada deste grande sucesso foi:

Oslo (AFP)
The Norwegian capital Oslo announced Friday it was aiming to reduce CO2-emissions by 95 percent by 2030

 

E pronto, assim vai o mundo dos maluquinhos…

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.02.2021 às 21:06

Na Alemanha é inverno. E no inverno neveia, há neve. Normal.

Não para os maluquinhos do costume (Medina, Guterres, Zorrinho, Biden, Merkel, Boris Johnson e demais vigaristas), que são toda a vergonha da ciência.

A verdadeira ciência procura a verdade.

Os porcos Guterres e demais adoram a mentira.

Essa cantiga do clima serve só para introduzir o totalitarismo mundial, pelos fascistas da esquerda.

Só no Reino Unido os gatunos à volta de Guterres retiram todos os anos, ano por ano, dez mil milhões de libras inglesas (ou são Euros?) ao cliente, ao consumidor.

Força de compra que falta noutros sectores, que empobrece toda uma sociedade. E vai piorar mais ainda!!

Não só. Daqui uns 10 anos, dois terços de todas as casas no Reino Unido não poderão ser vendidas, não terão comprador, segundo as leis perversas, apoiadas pelo idiota Boris Johnson.

Quem quiser vender, terá que investir primeiro fortemente em coisas, que ninguém realmente precisa. Tudo em nome de salvaguardar o clima.

Na Alemanha existem cerca dum milhão de seres humanos, que já não conseguem pagar a factura de energia ao fim do mês. Ninguém sabe?

No Reino Unido mais de três milhões de idosos são obrigados a decidir, pagar a factura de energia ou ter dinheiro que chegue para comer.

A Noruega é um país rico. Muito rico. Os ricos podem dar-se a esse luxo. Mas em Portugal também há esses porcos, que querem chegar ao mesmo sitio: A cidade do Porto e os idiotas de Lisboa certamente também vão querer.

Zero emissions é um crime contra a vida.

Jornaleco

O preço de energia em Portugal já subiu demais, mais de quarenta por cento, nos últimos dez anos, por estas falsas prioridades. O culto da morte é assim.
Imagem de perfil

De Olympus Mons a 08.02.2021 às 17:00

E não vemos solução ao fundo do túnel...
A Alemanha então é gritante. Importam energia da republica checa produzida a carvão só para se armarem em ecológicos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.02.2021 às 19:19

Há um ano e pouco um amigo meu dizia que viu o comentário sobre os gases das vacas, e ia deixar de comer carne, isto enquanto eu estava de t-shirt na casa dele, em Dezembro, porque o aquecedor estava quase nos 30ºC...

Zé Manel Tonto

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Links

Blogs