Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Nada a conversar

por Olympus Mons, em 23.03.21

Capture Imigrantes.PNG

Como chegámos aqui?  Que leva um sociedade inteira, se calhar uma civilização inteira a deixar de “pensar correctamente”? Como se consegue criar isto? existe receita?
É tão óbvio a hipocrisia que nem devo ir por aí. O que é esmagador é já nem se finge que existe alguma estrutura cognitiva a justificar isto. Isto não pode ser só pensamento politicamente motivado por parte dos jornalistas, mas tem que ser algo mais, tem que ser pobre discernimento de conhecimento e realidade.

Obama criou os campos de menores, Trump foi vilipendiado por eles existirem e acabou com eles, Biden volta a abrir estes campos e …Nada. Não se passa nada!
Estes campos com milhares, milhares milhares de menores não podem ser visitados por ninguem. Nem Jornalistas. E os Jornalistas ficam chateados? – Não. E todos conseguimos imaginar o que se passaria nos EUA e nas nossos medias se Trump fizesse algo do género.

Um Congressista democrata, porque é democrata, foi-lhe dado acesso a um destes centros e ele divulgou as fotos como a que vemos acima.  Só no centro de congressos de Dallas estão 3000 destes menores amontoados (qual COVID qual carapuça, quais 2 metros ou máscaras).
Que leva a que media como NYT, Waspo, Times, CNN, MSNBC, NBCnews, ABCnews, todos, todos os que se esganiçavam nos tempos de Trump, agora encarem isto tudo com uma naturalidade abismal?

Imagens como esta no tempo de Obama suscitavam pouca cobertura noticiosa, imagens como aquela no ínicio não existem nos media sequer neste tempo do Biden. Isto não pode ser só politicamente motivado como numa Venezuela qualquer, isto tem que ser um desejo, uma ânsia, de destruição do status quo e da vida como a conhecem. E parece-me que foi algo trabalhado. As pessoas deixaram de conseguir ter proporcionalidade na razão.

 

Já não temos mesmo nada  a conversar, pois não?

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs