Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Nha Terra Nha Cretcheu!

por Olympus Mons, em 10.03.21

Num mundo cheio de racistas de esquerda que lutam diariamente para lidar com o racismo que processam emocionalmente  no seu cérebro, na Anterior Cingulate Cortex e passam depois o resto do dia a projectar os seus racismos nos outros, racismo sistémico, racismo inconsciente, racismo, racismo... quando ele existe é primeiramente nas suas mentes, mas dizia eu, nem sei até que ponto este post é inteligível.

Capture cabo verde (1).PNG

Há alguns anos num táxi na ilha do Sal em cabo verde o miúdo (para aí 20 anos) que conduzia diz-me que não percebia porque cabo verde não era Portugal. Fê-lo sem receio e quase desafiador para mim.  Confesso que não soube o que dizer. Mas depois fiquei a pensar no assunto durante um bocado, até ter conseguido um Whiskey decente no hotel.

Anos depois aterro na Praia de noite, saio de manhã, apanho o táxi para o local onde ia, parei no planalto da cidade da Praia e vejo-me sentado no cafezito do Coreto no parque junto ao BCA (banco) e lembro-me de ter pensado que já não respirava tanto Portugal há algum tempo.  Algo semelhante a quando vou para o interior de Portugal ou entro em algumas ruas escondidas de cidades do país… e nem se fala quando se chega à ilha Brava, aquela ilha pequena para lá do Fogo e se vai passear por Nova Sintra, parando para beber um café do fogo…

Não tenho uma posição firme sobre as pretensões políticas dos cabo-verdianos e claro que respeito perfeitamente as opções dos que são nacionalistas, até porque um território tão longe de Portugal traria grandes obstáculos… mas tenho dificuldade em que não seja reconhecido o portuguesismo de cabo verde. Mesmo.
Se tirarmos a ilha de Santiago, onde está a Capital Praia, onde o Africanismo genético (sim, eu iria sempre aqui) é muito maior do que o ADN Português, todo o resto das ilhas, com particular ênfase no Fogo ou São Vicente, as pessoas são geneticamente a rondar 50% ADN Português no seu genoma (!). Junte isso ao portuguesismo socio-cultural que referi e fica um mar de oportunidades em aberto para se questionar o resultado do marxsismo soviético e seus amigos do partido comunista português.

Capture cabo verde Y dna.PNG

Vale o que vale, mas  o que esta imagem nos diz é que 70% das pessoas em Cabo Verde descendem paternalmente de um português (ou pelo menos europeu). Sítios como São Nicolau acima de 90% ou São vicente e Fogo 75%... Não está muito distante de dizermos que são mais filhos de Portugueses do que filhos de Africanas. Ou pelo menos tanto quanto.
Para mim fica um sentimento de irmandade que torna difícil não pensar que talvez um dia, quando, ou se, conseguirmos ver-nos livres da doença do Esquerdismo Marxista, de perguntar aos cabo-verdianos que tipo de relação querem mesmo ter com Portugal. Num contexto saudável talvez nos surpreenda a resposta.  

Eu por mim, abolia já vistos e restrições à movimentação de pessoas e perguntava aos cabo-verdianos se havia algo mais em que poderia ajudar. 

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2021 às 21:32

Umas observações

1.
O ser humano, que trabalha metódico e com rigor e com provas (o tal cientista), e que continua afirmar, defender que o código genético, o idioma genético e as informações bioquímicas nela conservadas foram o resultado dum processo do acaso, não compreendeu os princípios básicos da teoria da informação, ou não os quer entender, porque defende uma filosofia materialista, [para a qual continuam a não existirem provas nenhumas. Resta só a tal fé, que os mesmos materialistas desprezam no pensamento dos outros. Os tais materialistas criticam os adversários, mas fazem pior ainda!! Provas aqui não faltam.].

Palavras consagradas ao ateu Aldous Huxley, irmão de Julian Huxley, cujo avô defendeu com Darwin uma teoria (uma teoria é só pensamento, puras ideias, nada material) que faz parte da igreja do culto da morte. O irmão de Aldous despreza o ser humano e enaltece o ambiente em detrimento do ser humano. O pensamento de Julian levou à situação de hoje, ao terrorismo do ambiente. Julian adorava Hilter e defendia o racismo e era defensor activo da eugenia.

Pergunta.
Se todo o saber humano chega a um ponto, que é só fé e oferecerem ao ser humano a escolha entre a morte e a vida eterna, qual é a escolha mais inteligente?

Porque é que tantos, que preferem escolher, defender a morte, fazem troça daqueles, que preferem a vida eterna?

Porque é que Bill Gates, que defende a morte, anda à procura da vida eterna? Quem diz Bill Gates, diz todos os multimilionários.

Porque é que há pessoas, que preferem a morte, mas querem serem salvados no futuro, pela ciência? Existem vários exemplares de seres humanos, que deixaram conservar o cérebro e assim, na esperança dum dia ser possível, recuperar a vida, graças a um putativo avanço tecnológico.

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2021 às 21:38

Umas observações

2.
A tal ADN representa uma técnica de armazenamento, que nenhum computador até hoje conseguiu e vai poder conseguir. Impossível.

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2021 às 21:47

Umas observações

3.
Metido lá mesmo no fundo de cada célula, está o mais precioso material do corpo humano, o genoma humano (o código da vida), a informação genética.

4.
Quem é que sabe, está consciente que, essas informações, escritas no tamanho do alfabeto humano, com o qual escrevemos aqui, davam 1.000 (mil) livros e cada livro com 1.000 (mil) páginas e com 3.000 (três mil) símbolos (sinais, marcas) por cada página?

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2021 às 22:13

Mais factos duros!!

5.
O genoma humano dizem ter à volta de três mil milhões de letras (carácteres). Se alguém escrevesse toda essa informação com uma máquina de escrever (que não seja um computador, essas sem luz, sem electricidade) numa só linha, a cadeia, a corrente de letras, chegava do Polo Norte até á linha do equador!!

6.
Se uma secretária, que consegue escrever com 300 impulsos por minuto, 300 letras por minuto, trabalhando 220 dias por ano, 8 horas por dia, sem interrupção, tentasse copiar o código todo do genoma humano, a vida dela não chegaria, nunca na vida. Ela precisava 95 anos para terminar, completar este trabalho.

7.
Um programador informático consegue escrever 40 letras de código por dia (premissa). Tendo em consideração todo o tempo, desde a concepção até ao mantimento do sistema. Partindo da quantidade das letras inseridas no genoma humano, seria necessário um exército de 8.000 (oito mil) programadores, a trabalhar uma vida inteira cada um. Mas nenhum ser humano sabe, como desenhar tal programa a programar. Que tem que ter lugar num fio de ADN de só dum (1) metro de cumprimento.

Darwin não sabia nada disto. O que Darwin só fez, foi ordenar as coisas em cima da mesa, no sentido que ele queria, que mais lhe fazia sentido. Darwin nunca praticou ciência nenhuma. Ele nunca provou nada, nadinha.

E segundo um professor de química, famoso, que inventou a água pesada e recebeu um prémio europeu famoso por isso, que chefiou durante muito tempo o instituto de ciência exacta da universidade de Basileia o que Darwin diz, é errado, não há provas nenhumas, é só fé. Alessandro Volta defendeu muito antes o mesmo. A lista é longa, cumprida. Os melhores cérebros do mundo sabem-o.

Esses, que toda a canalha da esquerda despreza, hoje em dia.

O saber hoje em dia nada vale.

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2021 às 22:33

Mais factos duros!!

8.
A tal ADN. A densidade das informações na ADN são uma total loucura, é imensa. O volume da ADN é extremamente pequenino. O tamanho corresponde à parte de três mil milhões milímetros cúbicos (3*10⁻⁹ mm³), segundo as minhas fontes.

9.
A densidade é tão louca, que nem os computadores de hoje mais modernos, os processadores, mais avançados vão alguma vez conseguir atingir. De longe nunca na vida. Impossível.

Para ter uma ideia mais clara da densidade da ADN, o seguinte exemplo:
Imaginem a cabeça dum alfinete, de só dois (2) milímetros de diâmetro. E agora tentem extrair desse alfinete, da tal cabeça do alfinete, um fio tão fino, tão extremamente fino, que tivesse o mesmo diâmetro como a ADN. Qual o cumprimento desse fio? O cumprimento dava para percorrer a Linha do equador mais ou menos 33 (trinta e três) vezes.

Sabiam?

Claro que todos, que foram "ensinados", "educados" nas escolas da esquerda que hoje terroriza o ser humano, não sabem nada disto.

Eu tive que o pesquisar por curiosidade minha. Ninguém me ensinou estes factos duros.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 10.03.2021 às 23:03

Mais factos duros.

10.
Seres humanos de todo o mundo (trabalhando debaixo do rótulo, a pretender que são cientistas) tentaram num projecto, projectado com 15 anos de duração, na chamada "Human Genom Organization", perceber melhor a ADN. 900 (novecentos) membros de quarenta países. O começo oficial dizem ter sido o 1 (primeiro) de Outubro de 1990.

O tamanho do trabalho a ser feito, à frente deles, foi calculado em vários mil anos pessoais. Segundo as minhas fontes já conseguiram ter uma impressão da dimensão do problema. Eles calculam, que só três por cento das informações gigantes, depositadas na ADN, são responsáveis para os 100.000 (cem mil) genes do ser humano. Ninguém até hoje sabe, para que é que servem os restantes 97 (noventa e sete) por cento da ADN. [A literatura deve ser aqui actualizada!]

11.
A premissa dos comunistas, dos mais rigorosos defensores da filosofia materialista (sem provas até hoje!!), que só a ADN sózinha é que contem a chave para o desenvolvimento do ser humano, ainda não foi provada. É só uma premissa, nenhuma prova.

12.
Os intestinos do ser humano têm mais de quatro metros de cumprimento salvo erro. Ou são oito? Igual.

Isto e muito mais informações, factos, levam só a uma única conclusão.


13.
O ser humano é como um computador, para simplificar agora bastante e usar um modelo simples. A matéria é a hardware, e o espírito é a software. Se aqueles que vivem em Cabo Verde defenderem os mesmos valores como nós, que não sejam esquerdistas, falarem a mesma língua, eu, independentemente da cor humana, iria os receber do todo o coração e dar as bem-vindas, com toda a alegria.

Portugal vai perder no breve futuro cerca de quarenta (40) por cento da actual população. Se estes números foram verdadeiros, e parece que sim, muito indica que assim seja, o povo de Cabo Verde seria bem-vindo. Cabo Verde já foi nosso. Foi o esterco humano e racista da esquerda que destruiu tudo isso. E Cabo Verde teria um melhor governo, mais estabilidade, desde que a esquerda não pudesse lá governar, claro.

A software da esquerda, nada vale, é lixo. A esquerda até hoje nada percebe do ser humano, só desrespeito, só ditadura.

Quem preferir o culto da morte ao culto da vida, não funciona bem da cabeça. Nunca na vida pode ser um bom cientista.

Os comunistas falam muito de ciência, mas não gostam de perguntas inteligentes, atacam a liberdade de expressão, e como provado tantas vezes, nada percebem de ciência. O marxismo é pura anti-ciência, pseudo-ciência, uma total vigarice. Karl Marx era um burro e um grande mentiroso.

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.03.2021 às 13:33

https://poligrafo.sapo.pt/fact-check/portugal-gastou-200-mil-euros-em-alcatifas-e-ofertas-institucionais-para-eventos-da-presidencia-europeia

Se isto não "fazer vida com o dinheiro dos outros", não sei o que é!

Algo simPleS, para quem estará habituado a "fazer vida sem ter".

A lembrar autarcas que já tiveram diversas penhoras pessoais, fico a pensar que se gerem o próprio €, que gestão farão do dinheiro público!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.03.2021 às 22:27

O blogue blasfémias.net a lembrar-se muito, muito tarde, do que dois porcos e asnos perfeitos, defendem num dos jornais mais falsos e estúpidos, que Portugal pode ter, "O Público".

Citação: Um momento decisivo para a Lei do Clima Europeia. ("O Público")

O terror do ambiente está aí e ninguém o combate. Andam a destruir milhares e milhares de empregos sãos, que produzem riqueza, e a trocar os mesmos, por empregos, que não produzem riqueza nenhuma e só podem ser alimentados por subvennções, que nós temos que pagar à força.

Portugal é realmente uma província intelectual.

Um comentador também pouco percebe ou pouco sabe, apesar de estar contra este culto da morte primitivo, uma atitude correcta. Quer emigrar. Mas para onde? Na Alemanha ainda é muito pior. Na Grã-Bretanha querem seguir de livre vontadee o caminho dos psicopatas alemães.

Emigrar para onde?

O porco e vigarista Biden quer obrigar a todos à mesma doença.

Num outro contributo, mais acima, a fascista e hipócrita Helena, que critica a censura em outros lados, do lado chinês por exemplo e muito bem, aquil ela tem razão, )mas censura também os outros, o que é perverso por parte dela,) a criticar muito bem a cidade do Porto. Bandeiras dum dos piores países deste mundo, na praça, que nos causou a gripe Covid e nos quer dominar e não vai na palestra dos burros. Os comunistas chineses cuspem em cima do ambiente e fazem muito bem. Os nossos asnos comunistas, no lugar de exigirem o mesmo, fazer tal igual, vão agora ao cu dos ambientalistas, que querem parar tudo, para agradar ao culto da morte.

E quem são os culpados disto tudo? Não os há?

Então, não foi o ateísmo que estragou tudo outra vez? Não são eles que estão a governar?

Jornaleco

O imposto sobre o carbono serve para destruir as nossas vidas e empobrecer-nos. O culto da morte está aí.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs