Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Ninguém está a ver.

por Olympus Mons, em 21.09.22

Como o QI da população em geral na Rússia não é baixo, aliás até está dentro do top 10 Europeu resta-nos uma pergunta… São só estúpidos?

Não dou 3 tostões ao discurso de Putin.  Retórica interna nos países é sempre o que é. A ameaça nuclear dos russos é patetice interna para um povo que como digo acima até é bastante inteligente e devia saber melhor. “Eu tenho armas nucleares, eu tenho armas nucleares… olha que eu salto, olha que eu salto”. Patético.

O que é  estranho é o erro dos Russos. Como um povo de jogadores de xadrez consegue fazer jogadas tão amadoras.
No jogo do fim da globalização que está em curso nunca os russos poderiam ter tomado uma decisão que poderia levar ao seu enfraquecimento no palco mundial, não em relação à NATO ou ao Ocidente mas em relação à China.  No grande esquema das coisas a concretizar-se o descalabro demográfico que agora tanta gente fala, principalmente desde que Elon Musk disse que era a maior ameaça existencial à humanidade, e que agora muitas outras pessoas tem chamado a atenção, os russos deixarem-se enfraquecer desta forma só levará à sua subalternização aos Chineses que dentro de 10 anos estarão também na lama. No caso da China pelo descalabro demográfico que tanto quanto se sabe irá até 2030 ter mais de metade da sua população a entrar na reforma (algo novo para eles) e em 2050 a população reduzida de 1.3 mil milhões para 650 milhões de habitantes. Não sei até que ponto este número é uma certeza mas tenho ouvido muitos peritos a dizer que é certo como o destino.

Neste sentido, o grande aliado da Rússia para relevância geoestratégica estará em panic mode no prazo de menos de 10 anos daí que não me parece que a Rússia possa depender deles para muito.

Já por outro lado terá sido essa a jogada dos americanos com o great replacement em curso nos EUA que passaram dos 230 milhões de habitantes a 330 milhões em 30 anos e planeiam continuar a aumentar de população via emigração. Especialmente aquela que se vê na TV que entra pela sua fronteira sul e que vem a pé e é jovem! E São pessoas que na primeira fase terão mais filhos que a média. Sim, sim, eu nunca disse que o great replacement economicamente não fazia sentido. Se forem um utilitarian com deficiências cognitivas no bind&blind não deixa de fazer todo o sentido do mundo.  Ou se fores uma elite que se está a marimbar seja para o que for que não seja a tua preservação financeira, claro que faz sentido… para esses.

Já nós na Europa vamos ter esse problema não é? Ou vamos ter 440 milhões na europa dos 27 ad aeternum e cheio de idosos ou suicidamos e abrimos as fronteiras à imigração. Mas como sabem eu acho que a solução está em curar a doença envelhecimento e pronto. É trabalhar até aos 90 anos e mais nada ao invés de apostar em suicídio das nações e das identidades tudo para continuar a poder beber cerveja e comer camarão nas festas.

Por isso o mundo de amanhã será assim. Por um lado é inevitável o surgimento de novas superpotências regionais, ou se quiser potências regionais que determinam a direção dos ventos de destino para aquela área geográfica, porque o chapéu global dos EUA está a terminar e por outro teremos essas áreas geográficas também cheias de problemas internos. -  Os EUA abandonaram o mundo e este ficará nas mãos dos poderes regionais que poderá levar a muitas tensões e até conflitos intrarregionais.

Algo que nunca é referido é o já não haver ou estar a desaparecer a marinha global, a marinha Americana que garantiu o comércio livre nos últimos 100 anos, ou se quiser  a marinha ocidental largada pelo mundo fora a garantir a segurança dos mares, tanto quanto tenho lido. Está a desaparecer a ritmo incrível. Como se soubessem algo que não nos disseram. -  Isso  levará a que serão potências regionais a dominar o comércio regional, comércio este que já não será global porque para a globalização continuar a funcionar era necessário cada vez mais gente, cada vez mais consumidores e aparentemente esse é chão que já deu uvas. Logo acabou!

Curioso como mesmo os EUA estão a ficar com uma marinha reduzida. Sim, reduzida. Reparem que cada novo ou reformulado porta-aviões norte americano é por si só a 9 potência militar do mundo. O poder de fogo daqueles 11 porta-aviões coisas é incrível… mas são 11!  O resto da frota está praticamente toda a ser mandada para a sucata.

O reino unido vai ficar cingido a… 1. Os EUA tinham 55 e agora têm 11, o Reino Unido tinha 41 e agora vai ter…1! Tudo com um poder de fogo incrível e medidas de proteção incríveis, mas que só podem estar num lugar de cada vez.
E, já agora também convém referir, atenção que os misseis hipersónicos da Rússia são imparáveis e conseguem aniquilar estes 11 porta-aviões, não é?

Mas seguindo em frente, isto é a asserção que a grande potência sabe que o mundo global no formato que conhecemos acabou.  Sabem eles, sabemos nós e sabem os outros. Não obsta a que os burros dos russos tenham lido mal o mundo, como aliás parece ser apanágio desde a sua origem.

Este post está por todo o lado. Por boa razão. Cada ponto que aqui faço daria, ou dará, uma post individual porque não haverá como fugir a esse futuro que aqui descrevo. Pelo menos fora do kayfabe da ONU, fora das instituições internacionais de acrónimos, dos grandes chavões que a maralha adora parece ser esta a conversa em surdina que aqueles fazem à porta fechada ou quando acham que ninguém está a ver.

Autoria e outros dados (tags, etc)


13 comentários

Imagem de perfil

De O apartidário a 21.09.2022 às 14:53

Aqui há "pano para mangas" e por agora vou ficar pelo assunto "misseis hipersónicos" ,será possivel que os poderes militares/politicos dos EUA ,com todo aquele orçamento de "defesa" se tenha deixado suplantar pela Russia que há duas décadas estava na falência? (E deixo de parte a questão do stock nuclear e quem as tem maiores e em mais quantidade)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Blogs