Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Os novos fascistas e as alteraçoes climáticas

por Olympus Mons, em 10.09.18

Muito se falou esta semana sobre alteraçoes climáticas devido à conferência na Faculdade de Letras do Porto.

 

coloco aqui parte de um post antigo... Só porque me pareceu pertinente agora:

 

"

Mas isto vem a propósito de um facto curioso sobre esta conversa das alterações climáticas. A direita quando acredita em algo até conta uma fábula mas não exige, não é normativa, querendo com que toda a gente finja que acredita, se torne believer, em resumo que pratique confabulação.  A direita conta a fábula e limita-se a dizer que é assim porque sim, que é como é e pronto. E ou estás no barco ou não estás. Ora a esquerda não. A esquerda exige participação ativa. 

Tem piada esta semana ver Naomi Oreskes, que é como que uma porta-voz da histeria sobre as alterações climáticas, a acusar, precisamente, os pais do movimento de serem climate deniers! – James Hansen, Emanuel Kerry, Tom wigley….  Oh meu Deus isto é melhor que a fox comedy.

Estão a ver, é que Hansen, kerry, etc. limitam-se a ter um raciocínio lógico. Se nós acreditamos que o atual conteúdo de CO2 na atmosfera está e vai ser destrutivo para o planeta então temos que começar a resolver o assunto o mais rápido possível e não será com acordos insípidos como os de Paris mas sim com uma aposta massiva na única forma de energia capaz de ter output sem ser intermitente - Energia nuclear! E Já! --- Ora, estão a ver politicamente a combinação, certo? – Nuclear, esquerdismo, ambientalismo… por falar em ódios de estimação.

Como é óbvio, toda aquela gente com poder de decisão em Paris não acreditava verdadeiramente no estado de alarmismo que existe relativo ao conteúdo de CO2 na atmosfera. Lá no fundo o cérebro deles, dos que entendem a ciência, computa que a sensibilidade do sistema climático é menor e que os feedbacks positivos sobre a adição do CO2 que estamos a fazer. Mas não deixa de ser curioso que até quem acredita demais tem que ter cuidado com o que diz. Tem que cumprir a anuir à cartilha or else… delicioso.

Hansen e afins, os homens da velha guarda, acreditam mesmo que o planeta está em desequilíbrio radiativo logo temos que actuar – e na opinião unanime de quem percebe da capacidade de produção energética actual só há uma alternativa – ir com toda a pressa e em força para o nuclear. Quem levanta a mão a favor?

 

Mas o mais incrível nisto tudo é que nem as perguntas já se consegue verbalizar quanto mais dar ou procurar respostas.  Eu já não tenho pachorra para os aturar a todos. Venham que eu voto -Tudo menos esta dissonacia cognitiva. Custava muito falarem? debaterem? 

Os cientistas não são as pessoas que mais vezes estão correctos... são as pessoas que mais vezes estão errados (!). Por isso é tão importante deixar o método cientifico, e os tenets e fricções entre eles, seguir o seu caminho.

muito relacionado (os cientistas assumem como facto as coisas mais estapafúrdias):

http://journalofpositivesexuality.org/wp-content/uploads/2018/08/Failure-of-Academic-Quality-Control-Technology-of-Orgasm-Lieberman-Schatzberg.pdf

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 09.10.2018 às 13:45

Ora boas...ainda bem que regressa...
Aqui vai um Prémio Nobel a divagar sobre esta questão das Alter(c)ações Climáticas... ;-)

https://www.youtube.com/watch?time_continue=1&v=TCy_UOjEir0

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.04.2019 às 14:12

Já viu esta notícia? ....
https://www.dn.pt/vida-e-futuro/interior/stonehenge-foi-feito-por-antepassados-de-portugueses-10802383.html

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.04.2019 às 22:34

Viva. Desculpe demora em responder.
hummm. mais ou menos.

As afinidades são na verdade com grupos locais de agricultores do neolítico. ou seja a genética das pessoas que migraram para a Europa, da Anatólia, a partir de 8 mil anos antes de cristo.

Sim, é verdade o movimento pela costa ter sido precedido na península ibérica, mas não é esse o "estranho" nesta descoberta.

O estranho é que estes eram no essencial EEF (early eastern farmers) na genética, mas praticamente todos, como já se tinha revelado, no neolítico Português, são do haplogrupo genético masculino (Y-dna) I2a2 .... o que é tradicionalmente associado a populações com muita genética WHG ( Western Hunter gatherers).
Sempre se achou que um "estranho" ressurgimento de ancestralidade WHG durante o calcolítico estaria associado aos homens I2a2, mas não neste caso. estas amostras não tinham níveis elevados de WHG. Estranho mesmo.
Estas descobertas de tantos homens I2a2 no fim do neolítico, quando durante o neolítico seriam quase todos G2a da Anatolia ainda vai trazer muitas surpresas. especialmente quando neste caso, o Mtdna, passado pelas mães é muito K2a, que é profundamente agricultor neolítico. Os descendentes dos caçadores a casar com filhas de agricultores e a passarem a praticar agricultura .... fiz sentido?



Sem imagem de perfil

De Anónimo a 23.04.2019 às 13:56

Grata pela resposta. E pode fazer sim algum sentido essa mistura entre caçadores e agricultores... não sabemos o contexto social, político e ou até mesmo climático (hehehehe ;-) ) para que sentissem a necessidade de passarem a praticar a agricultura... Terá sido uma questão de sobrevivência? É que é precisamente com esta prática que vemos nascer as primeiras grandes civilizações...
Se bem que há gente por aí (já li um artigo que ia nesse sentido) de culpar a agricultura por todos os males deste mundo... principalmente por causa das questões ambientais... Esta gente, se não fosse pela agricultura, muito provavelmente nem saberia sequer escrever, quanto mais um disparate destes... enfim...
Quando é que volta a publicar aqui? Isto tem estado muito parado.. ;-)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D


Links

Blogs