Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

barradeferro

barradeferro

26 Mai, 2022

Os outros pulhas...

Eu, sinceramente.

Sim, esta imagem é um quadrado negro. Mas podia ser a imagem de um buraco negro ou algo assim do género... Mas não é luto! 

Até deixei passar algum tempo até escrever sobre este tema do assassinato em serie das crianças na Robb elementary School, no estado norte-americano do Texas.

Já aqui em tempos, há muito tempo, escrevi sobre o tema. E a única coisa que me interessa neste tema é tentar perceber porque a vida daquelas crianças, como das outras no passado tem tão pouco valor. É bizarro.

Aliás já é bizarro que por exemplo as mortes das crianças no concerto da Ariana Grande em Manchester também foi algo rapidamente atirado para o esquecimento. Neste caso dos “Mass shooting” tão comum nos EUA (mas também noutros sítios) tão pouco se quer saber do problema que, estranhamente, no instante seguinte já é uma questão política na guerra cultural entre a esquerda e direita nos EUA.

É que, não tenham dúvidas, há muitos anos que se sabe qual a melhor forma de se mitigar estes eventos,  se não até acabar com eles de todo.  Sabe-se desde os primeiros estudos feitos há muito tempo sobre as pessoas que comentem estes atos!

Este estudo. aqui em baixo, é só um dos últimos que li, mas acho que se encontram destes desde os anos 80 do século passado.

https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S135917891830274X

O resumo é muito simples – Estas pessoas que cometem estas barbaridades são movidas primeiramente e inequivocamente pela notoriedade que estes atos lhes proporcionam. A motivação que os faz levantar da cama e ir matar é o sentido de imortalidade e fama que eles anseiam. Já veneram outros assassinos em série e só pensam em ter essa mesma notoriedade.

Por isso, por isso(!), de acordo com todos os pergaminhos publicados a maneira de se mitigar ou impedir estas acções é cortar o acesso aquilo que eles mais anseiam. – NÃO PUBLIQUEM O NOME E A FOTOGRAFIA DESTA GENTE!

Sendo que esta parece ser a solução simples de implementar,  seria de esperar que seria imediatamente acatada descritivamente por todos os media sem necessidade sequer de se tornar normativa por lei. E se até há regra meritória a impor no social media e nos algoritmos que os regem, seria impedirem de divulgar o nome e publicar a foto. -  E isto, meus caros, é simples! Existe algoritmos para isto.
E seria moralmente de esperar que todas as redações dos jornais tivessem como regra e norma moral que não publicam aqueles dados . Simples não era?  Simples. -O problema é que estes eventos são maná, são boffica doce para os media e as suas views e clicks no contexto das vendas de marketing digital… logo, que se lixem as crianças.  
Para que fique claro: As mortes das criancinhas sobre a qual os media carpem à força toda não são o suficiente para que estes se autorregulem numa coisa tão simples como não dar aos Mass Shooters aquilo que os leva a fazerem isto-  Notoriedade! Simples de resolver, é só não dar! 

Mas não, aquilo cai imediatamente para a questão da second amendement e do controlo de venda de armas sem qualquer referência àquilo que parece por todos os estudos feitos a grande medida e solução para o problema. Que bizarro que isto seja tão ausente do tema e dos debates que se seguem, não é?
Já nem vou ao impossível que é impedir as pessoas de aceder a armas numa nação de 400 milhões de armas. Mas se motivação de quem comete estes atos aberrantes é a fama e notoriedade quando passarem a usar um carro para atropelar crianças vamos proibir os carros?  E quando proibirmos carros no mundo e eles usarem facas e machados vamos proibir facas de cozinha e machados? E Serras elétricas?

Curiosamente, ninguém endereça aquilo que os estudos nos indicam ser a solução.