Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Portugal como em Espanha

por Olympus Mons, em 21.02.22

Capture vox 20.PNG

Claro que não se verá muitas notícias sobre este facto. O VOX nas últimas sondagens já é a segunda força política em Espanha.
Sabem que desde o início dos comentários que faço sobre o CHEGA tenho sempre dito, e muitas vezes colocado a dúvidas, se o partido de André Ventura conseguirá copiar a estratégia genial de Santiago Abascal.  Muito mais do que esperava tenho assistido a um trabalho notável do partido em emular os passos do VOX Espana.

A razão pela qual escrevo o post é porque aquilo que se tem assistido de forma recorrente, mesmo de pessoas não-esquerda, veja-se a Helena Matos, é dizer que o VOX não se compara com o CHEGA, que as pessoas do VOX não se comparam se podem comparar sendo de uma qualidade completamente diferente.

Não sei há quanto tempo este pessoal segue o VOX em Espanha, mas eu já o faço há muito tempo.
Hoje em dia o VOX apresenta caras jovens e compostas, com aspeto,  cheios de classe, intelectualmente agudos e adaptados aos novos tempos, em determinada altura indo a debates e literalmente limpando o chão com a esquerdalhada que ficava à toa com os seus argumentos e postura serena, com a lição sempre muito bem estudada.
Contudo não nos esquecemos que o VOX foi criado por pessoas velhas, de uma outra geração, como Alejo Vidal-Quadras e José Antonio Ortega Lara e não pelas caras jovens e bem apessoadas que hoje são as referências. Estas pessoas no início do VOX também se envolveram em polémicas. Sim, tal como o Pacheco Amorim com a história da raça caucasiana, que como demonstrei está 100% correto, sendo por declarações sobre o franquismo ou outras coisas do género. – Começa aqui o desafio às tais meta-normas que eu acho que o CHEGA também representa.  E, reparem, não estou a dizer que isto é errado ou certo, estou a dizer sim que numa determinada altura, quem diz que o rei vai nu, que as meta-normas, sim as tais meta-normas, não estão todas certinhas e corretas são sempre pessoas desbocadas que não tem medo do gossip geral do seus pares.  Por isso é esta gente que inicia os movimentos.
E nesta altura, que até possa parecer desagradável ou escusado, tem o CHEGA que dar VOX a esta gente. Tive receio em tempos que Ventura não tivesse conseguido enxotar os extremistas das calcinhas slim que acham que só porque conseguem verbalizar uma opinião, por norma estapafúrdia, esta terá qualquer valor. Mas ele conseguiu. E se tivermos que dar prémios esse devia ser o primeiro prémio a dar ao André Ventura. E muitas mais pessoas o CHEGA do André Ventura ainda irá perder porque se vão desalinhar com a dinâmica. Vereadores, membros os órgãos do partido, etc.  Faz parte da purga e essa ocorreu em todo o lado sempre que os partidos crescem e com o crescimento vem a maturação.

O que ficou no CHEGA penso que terão sido as pessoas corretas para esta fase. Gente que já se está a marimbar para o “olha o que vão dizer” e diz o que incrivelmente um número enorme de portugueses, vote ou não no CHEGA até pensa. Gente que já se cansou, gente que já não está para te aturar. Por isso o VOX foi criado com dinheiro dado pelo National Council of Resistance of Iran (NCRI) and People's Mujahedin of Iran (MEK), quer dizer com dinheiro dos Israelitas, e nem quiseram saber naquela altura – Fucking A, é assim mesmo!
Foram estas pessoas os primeiros a candidatar-se pelo VOX e assumo que foram essas também que foram eleitas pelo CHEGA.

Só depois, muito depois, apareceu as Rocio Monastério ou o marido Iván Espinosa de los Monteros e ainda mais tarde pessoas como Macarena Olona. Lembro-me do Miguel Sousa Tavares que foi a Espanha e o entrevistou ficando com aquela cara de burro que Deus lhe deu sempre que, com classe e tom, lhe respondia às perguntas.

O CHEGA terá agora que fazer esse caminho.  Agora tem que limar, ou polir, os seus bonecos.
Quem são as pessoas que melhor poderão responder às ansiedades das pessoas que votam no CHEGA? Deve o André Ventura criar o fenótipo dessas vivências, como as pessoas os imaginam, e encontrar rápido figuras para o partido que são a personificação ou os personagens que melhor representam aquele papel.

Fazendo isto, em Portugal como em Espanha dentro de poucos anos haverá uma outra conversa.  Uma conversa de gente ancorada na realidade, mais longe de qualquer tipo de hedonismo, longe da tibieza de gente fraca e pronta para olhar para o mundo como ele é ao invés de como ele deveria ser se fosse uma abstração.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Jornaleco a 22.02.2022 às 12:52

Porque é que usa a linguagem estúpida da extrema esquerda, que é a única perigosa?

Essa tal "extrema direita", uma definição malvada e estúpida, é a única força que pode destruir as mentiras da esquerda criminosa.

Defender a vida, significa ser da "extrema direita"?
Ser honesto e não mentir, quer dizer ser da "extrema direita"?
Honrar a família, verdadeira amizade, é ser da "extrema direita"?

Jornaleco
Imagem de perfil

De Olympus Mons a 22.02.2022 às 13:41

Jornaleca, eu gostava de poder responder. Mas como acontece frequentemente consigo eu nem consigo entender o que está a dizer...

Pode reformular?

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs