Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Procissão vai no adro...

por Olympus Mons, em 11.02.21

Capture mapa bb.PNG

Não gosto que a minha paixão pela Arqueo-Genética se intrometa neste blog que é política e primeiramente sobre poítica e neuro-política. Mas existem coisas curiosas.

Deixem ver se consigo explicar este mapa.

recapitulando: A Europa nasceu com os Bell Beaker. Foram a primeira Talassocracia (navegavam por todo o lado) e, se leem este blog também já sabem, que eles foram os pais genéticos da esmagadora maioria dos Europeus. A esmagadora maioria dos ADN que lhes conseguimos extrair demonstra que eram quase todos do haplotype R1B (R1b-m269-l23-L51-P312..). E culturalmente quando acabaram a sua expansão jamais os europeus deixaram de ser identificados como guerreiros arqueiros, com alabardas e punhais (e depois espadas longas), cultura do álcool, cavalos, cães, etc.

Convém deixar claro que os Bell Beakers (campaniformes) foram a primeira talassocracia… quer dizer, mais ou menos, porque essa arte já era bem visível na bem mais antiga “cultura megalítica do extremo oeste da europa”, cujo nome curto …é Portugal! -  É só ir a Évora para perceber a prevalência dessa cultura megalítica em Portugal ( e depois em Stone Henge, sim foram as mesmas pessoas). E também sabemos todos que as data mais antigas, de longe, dos potes Bell Beaker são da região de Lisboa (torres Vedras, Oeiras, etc). Estavam por todo o lado.

Mas porque falo disto? – Porque Harvard ( e Leipzig), cheio de nomes como Reich, Haak, Krauser, etc já decidiu que não houve expansão genética de Portugal para o resto da Europa com os Bell Beaker Portugueses. Que foi uma disseminação de cultura que disparou por essa europa fora. Foi potes e não pessoas. OK. Nem vou argumentar aqui porque isto daria livros inteiros e não posts. Só me espanta que achem normal que tenham sido um pastores das estepes da Ucrânia que tenham chegado à Europa Ocidental e subitamente se transformem em navegadores de mar alto… Good Lord!

Aquele mapa ali em cima é de Manasterski et al. um recente paper arqueológico. Ora, onde vê naquela imagem a estrelinha amarela, junto às riscas verdes, é Suprasl na parte nordeste da polónia junto á russia! Neste sítio curiosíssimo, reporta o paper, encontraram, datado de cerca de 3500BC, muito antes dos Bell beaker per se, uma “West Iberian Chalcolithic slate plaque” que eram uma placas não muito bem entendidas ainda que eram feitas aqui por Portugal. Mais, também curioso, o posterior estilo Bell Beaker que por ali encontram é do estilo Ciempozuelos que também é 100% Ibérico.

Fica só esta informação porque quem não se dá ao respeito não deve ser respeitado. E o modo como os nossos BB foram colocados de lado porque era só o que faltava o pai genético da Europa ser Português, foi mais uma daquelas coisas. Os espanhóis não papam isso, mas nós cá já nem amostras de orgulho temos.
Enfim. Esta é uma história que só no futuro saberemos o desfecho, mas uma coisa é certa, por muito que escavem por essa Europa Central atrás de apanhar o L51 (pai de todos os Europeus) até ao momento encontraram… nada!
 Se calhar o estado português ao invés de andar a pagar cultura dos monólogos da vagina que tal pagar a estudantes universitários da área alguns trabalhos arqueológicos em profundidade em VNSP, Leceia, Zambujal que se calhar ainda descobrem o L51 por alí.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Links

Blogs