Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Putin o ecologista??

por Olympus Mons, em 08.03.22

Estão a ver esta imagem. A razão pela qual os Ucranianos serão perfeitamente queimáveis, descartáveis, é pela parte inferior deste gráfico e os países que lá constam, não é? - Colocar em risco o abastecimento de energia a estes países significa a destruição objetiva dos mesmos, das suas economias e até da sobrevivência de muita gente que sem energia abundante morreria de frio. E, como já aqui mostrei, hoje em dia é perfeitamente claro que o frio mata imensamente mais do que as vagas de calor. Aliás a reduçao de vagas de frio devido ao aquecimento do planeta já salvou muito mais gente do que aquilo que morreram devido ao aumento das vagas de calor.
Basta olhar e ver Alemanha, Reino Unido, Itália, Turquia… para perceber que qualquer conversa de banir energia russa é só estúpida. E é especialmente aflitivo ver um país como a Alemanha que até tinha uma boa capacidade nuclear, ao lado de uma França que está no topo da Tabela,  e que por opções ecológicas devido a pressão de eco-hippies tão típicos do país, abandonou essa forma de geração de energia.

Não acredito que Putin queira mais do que aquilo que por estas últimas horas tem dito ou transmitido. Não quer invadir a Polónia ou a Lituânia, mas quer a Crimeia e mar de Azov como parte da Rússia e as regiões separatistas do leste a caminho disso.
Que os russos irão tentar ficar com Odessa também é óbvio, mas acho que é algo que usariam como moeda de troca.
Muito pior será as alterações à constituição da Ucrânia. Nem quero imaginar que tipo de alterações quereriam mesmo os russos à constituição ucraniana. Deve ser uma coisa dantesca, humilhante, incomportável.  Nem consigo verdadeiramente antecipar o que os russos tentariam impor que os Ucranianos aceitassem.

E fomos nós que nos colocámos nesta posição, não foi?

30 anos depois ter a União Europeia a considerar o nuclear como energia limpa devia levar muita gente a fazer introspeção ou na ausência da dita pinta a cara de preto. Nada disto irá obviamente acontecer, mas sim o rolar a bola e chuto para a frente… Ouvi dizer que até os verdes alemães, os mais fanáticos de todos, já admitiram que talvez seja melhor manter as atuais centrais nucleares ainda operacionais a funcionar durante mais una aninhos.

Em vez de patetices de acordos de Paris e afins, que mais não é que a continuação de transferência de riqueza, o tal spread de wealth, o tal redistribuir de riqueza por parte de pessoas que não participam na sua criação mas querem ser donos e senhores dela toda para distribuir a seu belo prazer, devíamos era ter uma conversa séria sobre o nuclear.

Fica, portanto, só uma nota: Para converter esta necessidade do gás russo para o nuclear serão necessários 250 reatores nucleares, algo com 80-120 centrais nucleares.  - Será só algo como 5 vezes a capacidade da França que ocupa o topo daquele gráfico. -  10 anos. 10 anos e isso é exequível.  

Podem olhar e achar que 10 anos é muito tempo, ou que é pouco tempo. E essa será a questão que se deveria discutir e decidir muito rápido. 

E começar a ter conversas sérias. Nesta conversa do nuclear muitos assuntos se poderia abordar e uma das coisas que usualmente volta logo á conversa é sobre os resíduos radioativos das rods de uranio ou plutónio usadas.
Já nem vou falar que nas centrais mais recentes já até se reusa partes destes rods.  

Eu relembro só que todos estes resíduos produzidos até agora por centrais nucleares caberiam num campo de futebol!! – E já agora se não os quisermos cá no planeta lembrar que “ according to NASA getting to space to hundreds of dollars per pound within 25 years and tens of dollars per pound within 40 years…”  É pá, nem perguntem ao Elon Musk que ele vos dirá que dentro de 40 anos custará 1 euro por KG…

Eh, pá. Fosse já, ontem ou dentro de décadas, será perfeitamente comportável colocar isso no espaço de atirar em direçao ao sol. Pronto. Simples. Ficava cá nada.

Ao final do dia, seja das alterações climáticas seja da dependência energética de terceiros, se não fosse o trabalhinho feito por grupos ecologias por esse mundo fora e hoje em dia o Nuclear seria sem dúvida a forma de energia mais  abundante no planeta.
Veremos nos próximos anos que será efetivamente feito. Por hora, será calar a boca e em grande medida gramar com Putin e quem o venha a substituir. Mas que fique claro, muito mais importante será o que na prática terá mudado dentro de 20 anos. Não me espantaria se nada!
Dentro de pouco tempo presumo que Putin não será o obstáculo para esta solução. Se quiserem encontrar esses obstáculos olhem para as pessoas que estão a metros de vocês. - 
Que pensará a Greta disto tudo? Humm, presumo que alguém já terá dito, “quiet child”, o assunto agora é sério.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Kan a 08.03.2022 às 22:16

Uma visão, mas só isso.

https://ourfiniteworld.com/2022/03/02/russias-attack-on-ukraine-represents-a-demand-for-a-new-world-order/

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs