Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Santinhos

por Olympus Mons, em 08.05.21

Capture patente.PNG

Como já aqui escrevi e como esperado houve uma pausa no esquerdalhismo a professar a sua superioridade moral enquanto a vacina não chegou a eles, às suas mães e aos seus avós.
Nos EUA onde mais de 50% da população já tomou pelo menos uma dose da vacina e quase 30% já as duas logo tendo as suas populações mais fragilizadas protegidas da COVID-19, já é apropriado começar a compra de droga endógena para esquerdalhada que é verborrear superioridade moral, como o caso de levantar das patentes das vacinas para salvar os pobrezinhos. 

Na europa, onde só vamos em 20% ainda não se aplica este passar para o nível do “moral postering”. Mas lá chegará e não falta assim tanto tempo.
Depois a questão vai colocar-se com outros fármacos.
Não deixa de ser curioso não é? quando foi preciso desenvolver uma vacina em tempo record não foram os laboratórios governamentais, nem as faculdades … foram para as maldosas farmacêuticas que se viraram e foram as maldosas farmacêuticas que desenvolveram a tal vacina que “salvou o planeta”. – Do ponto de vista deles, esta é a paga que lhes estão a dar com quedas acentuadas nos valores das suas ações.

E mais curioso, especialmente em relação aos EUA é o facto de as farmacêuticas se sentirem atraiçoadas por Biden. Por isso mesmo, e se for verdade que existe essa consternação por parte daquelas, é bem feito! - É sabido que a Pfizer e a BionTech mandaram fechar em meados outubro do ano passado os seus laboratórios que processavam as análises das vacinas até ao dia 4 de Novembro, algo contrário aos seus protocolos internos. Assim não foi possível reportar antes das eleições para as presidenciais nos EUA que havia uma vacina.  
Para que não haja dúvidas: Aquelas empresas sabiam que os restantes resultados iriam também dar resultados positivos por isso suspenderam a “leitura”. Quando a retomaram, após a derrota de Trump, anunciaram que tinham conseguido a vacina. -  Foi deliberado para que Donald Trump não pudesse anunciar antes das eleições que tinha conseguido a vacina em tempo record, algo nunca antes reportado no planeta.

Alguém nas farmacêuticas fará as contas e perceberá se valeu a pena. Se não valer, da próxima vez que precisarmos das farmacêuticas corremos o risco de assobiarem para o lado.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Links

Blogs