Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Screw-up!

por Olympus Mons, em 21.10.21

Screw-up - a situation that has been completely mismanaged or mishandled.

Quem me tem seguido perceberá que considero que já nem vale a pena tentar argumentar contra o histerismo da narrativa das alterações climáticas. Aquilo está tão bem montado, teve tanto tempo e esforço de maturação, tanta gente a moldar a tanga que já nem há forma de verdadeiramente alterar a narrativa, crença ou perspectiva na sociedade.  – É religião.

No entanto, para quem quiser fazer um esforço consegue vislumbrar perfeitamente a realidade e a fórmula através da qual nos têm vindo a enlear. Por norma já nem perco tempo a escrever sobre evidências contraciclo ou contra narrativa.  
Contudo há coisas importantes. Ninguém vai ligar, ninguém vai computar ou considerar, mas são super importantes.

Hans-Rolf Dübal e Fritz Vahrenholt, da universidade de Hamburgo publicaram este paper. - https://www.mdpi.com/2073-4433/12/10/1297

Ao analisar os dados do CERES, um satélite colocado no espaço há mais de 20 anos para monitorizar o fluxo de energia que irradia do planeta no topo da atmosfera (TOA) descobriram uma coisa inacreditável.

Vou tentar tornar isto simples, ou pelo menos compreensível – De acordo com os dados do satélite, nos últimos 20 anos, o aumento de temperatura do planeta deveu-se em mais de 2/3 a um aumento de radiação, de energia do sol, short-wave e somente 30% de aumento de long-wave.   

 

Ora, que quer isto dizer. O CO2 é chamado de efeito de estufa porque o que as moléculas de CO2 são supostas fazer é impedir a radiação LONG-WAVE, radiação de onda longa, de fugir do planeta. Ou seja, os raios solares batem no planeta e ao ser refletidos de volta (long-wave) são impedidos pelo maldoso CO2.

Vai na volta, os satélites dizem que não… Não, não. O que tem aumentado e muito é o short-wave que tem passado, tem atravessado, as nuvens e batem no planeta aumentando a sua temperatura.

 

Eu não sei se vocês percebem como isto é… mind-boggling! – O IPCC ainda no relatório que é a bíblia e ai de ti, herege, que consideres qualquer coisa fora do AR (agora o AR6), nos “mostra” que 100% do aquecimento do planeta, desta parte do efeito de estufa, se deve ao “Anthropogenic  greenhouse gases” e até mostra nos modelos e cálculos!
Neste paper demonstra-se o inversão. 

Ter o CERES a dizer bullshit, 2/3 deve-se ao aumento do short-wave radiation, devia ser algo enorme, humungus, devia fazer tremer algumas das premissas que suportam os modelos coupled ocean-atmospheric models que suportam todo esse mundo playstation que permitiu chegarmos até aqui nesta senda da profeta Greta.

Eu sei, na verdade, ninguém vai ligar nenhuma!

Oiçam, talvez se venha a descobrir que o CO2, pelo efeito na atmosfera, ou pelo aumento de vapor de água, ou qualquer outra coisa que não faço ideia, leva ao thinning das nuvens que leva a que essa radiação passe mais do que no passado. -  Mas a verdade é que nada na teoria ou formulação relativo a alterações climáticas em 50 anos nos disse isso. Nada.
E eu sigo pessoas que há 20 anos nos dizem. – 5% de redução ou aumento da cloud cover consegue justificar todo o aumento de temperatura dos últimos 100 anos.  Pessoas terríveis chamados de deniers. Um deles é Roy spencer, que por acaso é só um dos cientistas que compila e processa dados de outro satélite, o Aqua, que faz medições de Advanced Microwave Scanning Radiometer e mede a temperatura do planeta inteiro visto do espaço.

Dübal e Vahrenholt vão mais longe e fazem associações pelos últimos 200 anos e correlacionam estes eventos de aquecimentos seguidos de pausas a processos como o AMO, PDO, etc… Mas isso já iria fazer este post ficar enorme.

Para terminar fica a nota. Nobody gives a shit. Religião é religião e mais nada.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs