Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Sheikh Jarrah

por Olympus Mons, em 18.05.21

Capture MST (1).PNG

Eu farto-me de dizer que tudo o que se passa à nossa volta é, por ínfima até que seja, uma representação nossa e que nós contribuímos para essa realidade.
Farto-me de reclamar que somos um país de patetas e rodeados de patetas porque só gostamos de ouvir, eleger ou valorizar…. Patetas.

Alguns além de patetas são desonestos e a um nível por vezes difícil de dirigir.


Quem tenha visto a explicação deste da imagem ontem na TVI a explicar aos portugueses o problema que está na origem do conflito a desenrolar-se entre Israel e Palestinianos, fica com a ideia que existe uma arbitrariedade do poderoso Israel sobre os palestinianos residentes num bairro de Jerusalém para dar os prédios (sim, isto é sobre alguns prédios) aos judeus ultra-ortodoxos e correr com os árabes de lá. Na boca de MST os judeus invocam direitos de antes do êxodo Judeu há 2000 anos para correr com os palestinianos de lá e que era como se os Mauritanos quisessem correr connosco de Portugal porque…ora, para tuga que é estúpido, isto pega, sabe bem e está bom.
Como já referi noutros posts já não tenho interesse particular sobre estas questões no médio oriente. Só escrevo este post para mostrar a distância que vai entre o que pessoas como o MST nos enfia pela boca abaixo e a realidade.
A realidade. A realidade sobre Sheikh Jarrah?
A realidade que nos devia ser explicado é a seguinte:

  • No século XIX, apareceram 3 bairros na zona, nos arredores de algumas campas que por ali existiam. Dois desses bairros eram Judeus e um era árabe. O bairro árabe é Sheikh Jarrah, que está em disputa.
  • Em 1875 dois rabis compraram Sheikh Jarrah e foi colocado num trust das famílias.
  • Em 1948 a Jordânia invadiu e ocupou a zona oriental e correu com todos os judeus daquela zona e deu os 3 bairros às suas autoridades locais (custodian on sequestration)
  • Em 1967 Israel ganhou a guerra e voltou a ter autoridade (pelo menos na sua lei) sobre os 3 bairros. E toda a propriedade que não tinha sido transferida até então, que estava sobre custodian on sequestration deveria ser devolvida aos seus legítimos donos.
  • De acordo com a lei israelita, de acordo com documentos, com escrituras, tudo, tudo certinho direitinho, pertence aos beneficiários do Trust fund original.
  • Desde essa altura que começou a guerra legal. Sim nos estados de direito, não como nas porcarias de países ali à volta, estas coisas podem acontecer. Batalhas legais por propriedade que duram 50 anos.
  • Israel sempre foi proto-socialista, por isso houve acordos e arrendamento que protegeram os arrendatários em vida, acordos que seriam mantidos enquanto pagassem renda.
  • Resumindo: os donos morreram e, aliás, nem nunca ninguém pagou renda nenhuma como era mandatado pelos acordãos anteriores. Por isso chegou ao Supremo e o supremo iria decidir de acordo com a lei. Ia devolver as casas aos seus donos legítimos.

No essencial era uma questão entre um cidadão judeu e 8 palestinianos. -  Os tumultos que se seguiram ao anúncio que o supremo iria ditar a sua sentença, que toda a gente pelo que expliquei acima já sabia qual seria e nem poderia ser de outra maneira, acabou numa barragem de misseis por parte do Hamas sobre zonas civis de Israel.
Israel ripostou!

A porra da realidade existe e devia contar para alguma coisa. Porra!

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.05.2021 às 03:59

1. Chamaram o mentiroso, inculto, mal-educado MST para explicar-se sobre Israel, na comunicação mentirosa e manipuladora portuguesa?

Hahahahahaha. Eia pá. Mais um asno rico e vaidoso de caviar.

Claro que esse mentiroso arrogante MST nada sabe de jeito. Nem sequer governar um país sabe, mas adora dar concelhos a quem sabe.


2. A história contada por sí, caro @Olympus, é só uma parte dos factos, que eu não veriquei, e quais eu não ponho em dúvida.

Escutei algo à pressa parecido, uns dias atrás.


4. Mas nem as partes lá, os judeus e os palestinianos, escutam uns aos outros, como aqui também não.

Israel é muito mais.

É a pedra, que faltava, mas que os arquitectos repudiaram,por soberba, por total ignorância e maldade.


5. Israel é mais uma prova, que o DEUS cristão existe.

6. Israel é o fim do domínio ateu.

Esses macacos em Nova Iorque (ONU), em Washington (exepto Trump), em Pequim, em Bruxelas, Moscovo, Teerão, estão impotentes.

7. Os militares israelitas dizem ter destruido já mais de 15 quilómetros de túneis.

8. É muito difícil ver daqui, quem vai à frente, quem anda a ganhar a batalha. Mas eu sei, que é Israel.

9. A Turquia (um país sunita) a trabalhar em conjunto com um país xiita (Irão), financiando o Hamas, para libertar Jerusalem?

10. Aquilo é tudo dos judeus. Tudo. Ali o direito internacional acabou. O asno Guterres nada manda, nadinha.

11. Israel ainda vai causar muito mais problemas, muito mais. E esses criminosos, que andam a criar um governo mundial, contra a clara maioria e vontade do povo, a nova ordem mundial, vão, vai levar lá nos cornos, e de que maneira.

12. Já aqui escrevi, o que é que está escrito, sem cultura, sem qualquer beleza, dentro daquele edifício com a cúpula dourada.

Quase nenhum ser humano moderno sabe-o.

Os muçulmanos malvados, essa seita altamente criminosa, que já dizem ter matado mais de 300 milhões de seres humanos, dese o século 6/7, puseram lá, não seu quando, uma frase, que todos os ateus também gostam:

DEUS não tem nenhum filho.

Isso é o que o deus impotente, putano, porco, assassino, mentiroso do islão reclama.


13. DEUS tem um filho, sim senhor.

14. E daqui é que vem a discórdia, a guerra.

15. É que o DEUS, que tem um filho, chamado JESUS CRISTO, que morreu na cruz por amor ao próximo, para tirar o medo da morte, a todos que confirmarem que ele é o filho de DEUS, e esse DEUS todo poderoso faz só o que ELE quere.

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.05.2021 às 01:06

Caro Jornaleco,
Deus tem um só filho?
Não somos todos filhos de Deus? o problema, por distracçao, muitos não o sabem, ou inconscientemente, renegam o fardo de se consciencializar que se é filho de Deus
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.05.2021 às 04:01

[Continuação II de II]


16. Tão simples. Israel prova, que a evolução ateia, para a qual não existe até hoje, nem uma única prova científica, e que é logicamente impossível, sem muito, mesmo muita inteligência, é uma total mentira.

17. Outra vez. Israel dá a prova clara, que a narrativa socialista, ateia, é uma mentira total.

18. Tratar Israel como um país proto-socialista, não sei se isso ajuda algo. Não, não ajuda. Confunde. O termo nada ajuda.

19. Israel é aquele, que levanta a voz contra o ditador e diz: Tu és um mentiroso e eu não tenho medo de ti.

20. Não, não, só quem está morto (a Bíblia fala dos mortos vivos ou assim parecido) espiritual, quem matou a sua própria curiosidade, a sua consciência, quem se deixou enganar pelo culto da morte, é que não se interessa pela toda história dos judeus e especialmente de Israel.

21. Quem é que nega, quem é que não quer ver, o que os núcleos tecnológicos hoje querem atingir?

O ser trans-humano, a evolução tecnológica, a tentativa de ligar a eléctronica ao ser humano, a dita inteligência artificial, para onde é que isto nos vai levar?

22. Os neo-comunistas do WEF em Davos, esses grandes filhas da puta, que nos andam a censurar, a terrorizar, a querer matar em massas, o que é que eles querem atingir?

Não é ser como DEUS?

Claro que o querem.

23. Os Dr. No (ver James Bond) do WEF prometem-nos já qualquer parecido à vida eterna, Prometem orgãos a quem queira pagar.

Eles quererm controlar as nossas vida, em todos os aspectos.

Não reparam nas leis que estão a ser postas na prática nesta UE? No breve futuro, esses cabrões em Bruxelas querem nos desligar os carros eléctricos, quando lhes apetecerem.

Eles andam a tentar entregar tudo às grandes empresas multinacionais. Até as sementes, eles querem proibir a todo o povo. Quem querer sementes, terá que as comprar, bem caro. Quem trocar sementes com outros, poderá ter que pagar multas, se não for permitido por lei.

24. E quem é que sabe hoje ainda, como é que o DEUS cristão é definido?

ELE é o amigo dos justos, defensor do respeito, dono da sabedoria, do verdadeiro sentido de vida, o verdadeiro inimigo do medo, ELE ajuda as viúvas, os que estão abandonados, que estão na prisão, os que não têm que comer, que estão nus, etc.

ELE faz o vento, o clima, tudo.

E o mais importante, oferece

E o Guterres et al odeia este DEUS.


25. Mas o pior é isto. A vida eterna é muito cara para qualquer ateu. Quem não tiver dinheiro, não poderá viver eternamente.

DEUS não é assim. A vida eterna aqui depende só da confirmação de uma única frase: Confirmar que JESUS CRISTO é o filho do DEUS VIVO.

Qual diferença.

Não, ISRAEL é o país, que vai pôr tudo a nu, fazer cair todas as mentiras, da ideologia ateia, da mentira muçulmana.

Porque os muçulmanos são muito parecidos à esquerda fascista. Muito. Ambos tratam as mulheres como esterco. Ambos odeiam o mesmo alvo.

Etc.

Os alemães cometeram muitos crimes, no século passado e sempre ajudando os muçulmanos.

Ajudaram na matança de mais um milhão de cristãos da Arménia.

Ajudaram a matar judeus em massa, na Segunda Guerrra Mundial.

E agora preparam-se para ajudar novamente, a Merkel fala com duas línguas, a destruir Israel.

Mas vão fracassar, claro.

Agora, o preço a pagar por todos esses paises que ajudam a destruir Israel, vai ser alto. Pobreza e muito mais coisas, que os seres humanos não vão gostar.

Jornaleco
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.05.2021 às 04:30

Todo o seu blogue está no ar.

Você fala muito de genes, dá-lhe uma interpretação, que muitos não conseguem seguir.

Você defende uma ideologia inimiga ao ser humano, que não dá nenhum sentido de vida.

O seu blogue existe só, enquanto tiver vontade ou a morte o apanhar de surpresa.

Mas você não se apercebe do sentido, do significado da vida.

Você quer justiça, mas ao mesmo tempo diz, que ela não pode existir.

Independentemente, se acredita ou não na existência do DEUS VIVO, poderia chegar à conclusão, que esta UE decidiu, através das suas elites podres, governar contra DEUS, contra as regras DELE.

É um facto inegável.

E de aí, pode concluir, com uma certeza absoluta, que esta UE vai fracassar totalmente.

E o que vale para esta UE, valeu parar todas as culturas que desapareceram até hoje, e que já foram mencionadas aqui por si, faz pouco tempo.

O problema não são os dados, que existem.

O problema é sempre a interpretação correcta dos dados. E aqui o ateísmo é um falhanço total. A única intenção do ateísmo é explicar tudo sem DEUS. Com inteligência nada tem de ver.

Mas, tudo indica ao contrário, que sem uma super-inteligência, nadinha existia.

Os morcegos são um bom exemplo disto. Não há engenheiro nenhum neste mundo, que seria capaz de conceber um animal com uma tecnologia tão avançada. Ainda hoje, avançada.

Homem e mulher foram feitos, qualquer criança sabe disso. Uma evolução é claramente impossível. Não existe nenhuma prova, para o provar. É precico ter mais fé na evolução, do que na fé em DEUS.

Mas as mentiras da esquerda limparam o cerébro a muitos, infelizmente.

Jornaleco

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.05.2021 às 14:27

Outra!

Marrocos deixa passar milhares (!) de criminosos (migrantes) para Ceuta.

Pretexto?

1. As posições políticas de Espanha e da Alemanha, em relação à Saara Ocidental, que Marrocos para si reclama.

2. E claro, o que se passa em Israel. O rei de Marrocos também quer mandar na causa.

Jornaleco

E o que é que os nossos porcos, perversos, decadentes em Lisboa vão fazer?
O que é que esse asno arrogante MST vai fazer? Acolher esses esterco criminoso na própria casa dele?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.05.2021 às 15:38

Até o blasfemias.net dá notícia à invasão em Ceuta, vejam lá. Os pseudo-liberais cheios de medo.

Mas os tais liberais, não deviam ser a favor disso? Acabar com as fronteiras todas?

Porque, os novos migrantes também gostam de foder a eito, tal igual aos pseudo-liberais do blasfemias.net. Então qual é o problema, Helena?

E agora o Covid já não interessa nada?

Jornaleco

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.05.2021 às 10:26

Mais um erro fatal, citação:

"A realidade que nos devia ser explicado é a seguinte:

No século XIX, [...]"

Não, o problema começa com Adão e Eva.

AQUELE que fez Adão e Eva, decidiu, que todo esse território pertence só aos judeus. Ponto final.

Isto prova, que a seita muçulmana, nada tem de ver com DEUS, a verdade, sentido de vida, etc.

Tal igual á seita do ateísmo. Ambas seitas mentirosas. Irmãos no mesmo espírito malvado, mas que não se dão bem muito tempo.

Os vossos limites estão aí, na manifestação, instauração de Israel, como o único DEUS PODEROSO decidiu e está descrito nos livros de Moisés, na Bíblia.

Jornaleco

Façam o que quiserem, revoltem-se, igual. Ninguém vai vencer este Israel. É o melhor trabalho empírico. Nada da conversa dos inimigos é de valor. Quase todo o mundo vai virar-se contra Israel, para impor o direito falso internacional impotente.

O muçulmano nega que DEUS tenha um FILHO, JESUS CRISTO. Tal igual o ateu ignorante, que nada sabe da vida, do sentido da mesma, que cheio de drogas, perdeu qualquer curiosidade, perdeu a competência de pôr perguntas inteligentes, incomódas, críticas.

E todos esses que o negam, sejam malvados, os tais poderosos, vão querer destruir Israel.

Por isso, está tudo muito bem. O exército israelita deu mais uma prova da sua excelência. Os muçulmanos levaram nos cornos. E esta Europa decadente, continua ocultar o racismo muçulmano, o terror contra a própria população e a financiar esses assassinos muçulmanos, que se escondem por detrás de crianças inocentes e mulheres. Não há coisa mais falas e cobarde, do que o soldado muçulmano.

E pior.

As demonstrações contra Israel ganharam uma nova qualidade. Todos os insatisfeitos, que destruiram a vida deles, os tais cobardes, que procuram sempre a culpa no próximo, procuram sempre um bode expiatória, para ocultar a própria culpa, participam nesses demonstrações, para fazer escapar o ódio contra a sociedade, na qual já não se querem inserir.

É essa canalha, que o WEF (Davos) quer usar, para estabelecer uma nova socieade totalitária, com escravos em baixo, esses idiotas úteis, e a elite super-rica por decima.

Vamos ver. O futuro é incerto. Mas vai ser lindo (feio) para muitos.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Links

Blogs