Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Vindicar

por Olympus Mons, em 28.05.22

 para as outras pessoas este estudo abaixo terá pouco significado. Para mim, fez-me o coração acelerar.  O mundo é assim, o que é irrelevante para alguns é extremamente importante para outros.

Quem leia os primeiros posts deste blog, que não estará muito longe de fazer 10 anos, saberá que ele se chama Barra de Ferro pela barra de ferro que atravessou o cérebro de Phineas Gage, o empregado rodoviário, e alterou a personalidade dele.

 

Também notará que o blog teve fases em que se centrou fortemente no trabalho de Jonathan Haidt, daí que seja considerado muitas vezes como Haidtiano.  Haidt e os seus pilares morais, os 5 pilares morais (que agora são 6) é central à minha perceção do mundo. Para quem não saiba, Haidt, inicialmente um esquerdalhoide da elite académica do massachussets, decidiu descobrir o que havia de errado com as pessoas que eram conservadoras e republicanas. O seu trabalho levou-o, para grande espanto inicial, a descobrir que as pessoas de direita eram só pessoas bem mais complexas que as pessoas de esquerda e que dentro de qualquer pessoa de direita existe uma pessoa de esquerda, mas dentro de alguém de esquerda não existe uma pessoa de direita. Ou seja as pessoas de direita partilham os dois pilares normativos (harm/injustice) com as pessoas de esquerda mas depois também valorizam os outros 3 pilares morais, os descritivos, ao passo que as pessoas de esquerda não.  – Leve esta lição para o banco (!). Aquele seu amigo de esquerda nem sabe bem do que você está a falar, por isso qualquer discussão com ele ou é centrada nos dois que ele sente, que ele reconhece, ou está a falar para uma parede.

Esta é a principal razão pela qual a esquerda ganhou a batalha comunicacional. Foi uma cedência da direita. – Ou falas de harm/Injustice ou metade do teu publico alvo nem percebe do que estás a falar. Daí que, por exemplo, o jornalismo seja em 95% feito por pessoas de esquerda porque estes são os que falam esquerdalhês.

Capture moral genetic.PNG

https://journals.sagepub.com/doi/abs/10.1177/08902070221103957

Feito este longo resumo, que é um desvio sobre o estudo em si é preciso lembrar que desde os tempos em que era proibido sequer essa menção todo este site era sobre esta ligação entre a genética e estes traits morais. Haidt mostrou essa ligação inequívoca entre os pilares morais e as preferências políticas. Eu sempre insisti, algo sempre difícil de aceitar por toda a gente com quem falei estes anos todos, que essa ligação era em grande medida genética, levando a postular a minha teoria que por motivos genéticos  ou nasces de esquerda logo o que primeiro dispara no teu cérebro é a Insula que passa para a ACC e depois naturalmente deriva para o DLPFC  ou nasces de direita, primeiro dispara a Amygdala que passa para o VMPFC e vai para o OFC.
Esquerda insula/ACC/DLPFC (IAD), se de direita Amygdala/VMPFC/OVC (AVO). -  Literalmente somos humanos no mesmo sítio a ver coisas completamente diferentes.  

Este paper vem dizer aquilo que eu defendo há anos e anos e anos. Ou seja que existe uma forte conexão entre a genética e os pilares morais.
Para qualquer pessoa isto pode não ser importante. Para mim, é o mundo a caminhar pesadamente apesar do controlo e hegemonia dos idiotas (muitos na academia) sobre o planeta todo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs