Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Woke lefties.

por Olympus Mons, em 07.08.21

Estive fora e ao final do dia de Quinta-feira o CEO da empresa onde fui pediu-me para me juntar a ele ao jantar numa esplanada onde ele estava com a esposa e a enteada. A explanada transpirava a alguma normalidade pós covid com uma temperatura agradável como só as ilhas conseguem produzir e gente jovem por todo o lado.

A conversa dele com a filha (enteada) descambou para as opções políticas dela aos 20 anos. O esquerdismo dela faz-lhe muita confusão e ele esforça-se para entender. Limitei-me a observar. E nunca me tinha apercebido que o wokismo é como o racismo: Até tem piada brincar, mas visto ao vivo é uma coisa ignóbil e asquerosa. Não estava à espera. Abstratamente lido muito com o wokismo mas não era frequente as vezes em que via ao vivo para ser sincero. Fica-te uma sensação estranha no estômago, mas que não é muito difícil de entender. – Percebes que é gente que vem aí para te apanhar e tu não estás verdadeiramente preparado para lutar ao nível de obstinação que observas.

Uma jovem de 20 anos, que tudo à sua volta foi privilégio super-elitista. Melhores escolas privadas (Miami, Reykjavik, Lisboa…) Universidade de topo agora no Reino Unido), casas de sonhos e expenditures de princesa. Contudo, entrando na academia anglo-saxonica dois anos depois não consegue ter uma conversa intelectualmente significativa sobre assuntos como o capitalismo fora dos memes, mantras e lengalengas da nova religião do wokism. -  Até para verbalizar as coisas ela frequentemente recorre a repetir as mantras em inglês. No justice under capitalism, want workers pay more, no ethical consumption under capitalism, etc.
Observando as tentativas de trocar ideias entre aquelas duas pessoas que sei inteligentes foi ..curioso. Cedo percebi que aquilo, nela, não ia entrar nada. Existe nestas pessoas (que já tinha notado antes) uma opacidade na reação aos argumentos contrários que nos diz que na verdade entrou nada. Não ouviram verdadeiramente nada do que o outro disse. Fiquei ali calado a observar enquanto me entristecia o futuro e a certeza que quaisquer que fossem as consequências no futuro não a iriam atingir porque ela irá sempre viver debaixo de “fuck you Money”… dele.

Depois a conversa descaiu para as alterações climáticas e ela falava como se fosse muito entendida. Ele virou-se para mim e perguntou o que eu achava, se concordava com ela… ui.
Mostrei-me muito interessado no conhecimento dela e nos factos científicos que ela conhecia e perguntei:
sim? olha qual é que achas que é então o ECS correcto? E como vês que isso se traduz no TCR? ;  E já agora, qual dos cenários RCPs é que achas que vai ser realidade no futuro?

Com ar confuso dela ela diz que não entendeu nada do que eu perguntei, que só tinha ouvido siglas que nunca tinha ouvido. Aí eu disse, olha, M. então não sabes nada sobre o assunto. Nada. Porque as duas únicas perguntas que interessa para sequer se ter opinião são aquelas. Se nem entendes a pergunta não entendes nada.  Como se chama a uma pessoa que acredita mesmo, mesmo, mesmo  numa coisa que não percebe nada sobre?

Conversa ficou por ali. Acho que ganhei uma extensão no contrato!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.08.2021 às 22:37


[Parte 1 de 2]

Citação 1: "Uma jovem de 20 anos, [...]", nada sabe da vida. Talvez foder a torto e direito. O que Marx e Lenine queriam, foi tornar a sociedade numa casa de prostituição, o que só muito bons historiadores sabem. É uma mera premissa, porque eu não conheço a rapariga, e não quero ser injusto. De modo nenhum!! Mas a probabilidade é altíssima. Essas escolas ensinam isso. E se não ensinarem explicitamente, os alunos lá ensinam uns aos outros, sem os professores se aperceberem. E quem não quer ser fiel, na relação mais preciosa, que o humano pode ter com outro humano, nada vale.

Naqueles temos, os trabalhadores negaram-se, a oferecer as suas próprias mulheres como putas, aos outros trabalhadores.

Mas hoje, a indoctrinação é massiva. Quem negar-se a foder a torto e direito, é discriminado.



Citação 2: "[...] que tudo à sua volta foi privilégio super-elitista. Melhores escolas privadas (Miami, Reykjavik, Lisboa…) Universidade de topo agora no Reino Unido), [...]"

A rapariga é soberba, vaidosa. É isso que deseja dizer?

Melhores escolas? Hahahahaha. Não, isso é tudo vaidade, cara. A melhor escola humana e de borla, é a leitura da Bíblia. Não há melhor. Independente da fé, da crença!! Claro que os que são soberbos desmentem-o. Mas é um facto. E a rapariga, com 20 anos, nem sequer é capaz de pôr perguntas inteligentes, incomódas, teimosas!

Universidades de topo quê? Não. Para arranjar um futuro emprego bem pago, talvez. Um no qual, que ela terá que beijar os pés de alguém, ou deixar-se violar, para poder participar no tal "poder" e subir de "carreira"?



Citação 4: "[...] casas de sonhos e expenditures de princesa. Contudo, entrando na academia anglo-saxonica dois anos depois não consegue ter uma conversa intelectualmente significativa sobre assuntos como o capitalismo [...]"

Hahahahah. Eu conheço isso muito bem. Eu conheço milhares dessas gajas. Elas vivem num universo alheio, fora desta terra, desta realidade e querem liderar os outros, sobretudo o homem, que é mais forte. Nadinha na cabeça, mas tudo na cona. Uma linguagem ordinária minha, mas é a realidade e eu não tenho culpa dessa. É o tal preço de hoje. A juventude não procura a virgindade vantajosa, hoje, ao contrário de ontem. Hoje, todas, quase todas, querem ser putas, putas caras. A puta mais sexy do mundo. Só que isso, tem graves consequências para o tal carácter. O que é considerado a entrada na liberdade, mais tarde dá-se a reconhecer como o princípio da escravidão. O pecade que destrói verdadeiras amizades ou não as deixa crescer. Porque, quem é que gosta de ser enganado?

A carroça ir à frente dos bois.


Jornaleco

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D


Links

Blogs