Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Working as designed...

por Olympus Mons, em 28.03.22

Capture willsmith (1).PNG

Quando vi a cena hoje de manhã, comentava com o meu sócio que não há pachorra. Ignorámos o assunto e fomos à nossa vida. Pela tarde, com o papo cheio desta conversa da chapada do Will Smith ao Chris Rock já vomito e acima de tudo não me sai do cérebro uma determinada constatação.

É que ter “history” tem muita gente com outras tantas e tantas, tantas que nem existe número ou pachorra para contar. Mas, e no entanto, …

Lembrem-se de ter aqui escrito que um estudo recente mostrava que não só as pessoas de raça negra nos EUA eram responsáveis pela maioria dos assassinatos, mas que, e essa a novidade, esses assassinatos ocorriam por motivos perfeitamente banais, perfeitamente corriqueiros e sem importância alguma. Uma boca num social media, um olhar mal interpretado.


Ocorreu-me, porque já no passado todos nos lembramos do Kanye West invadir o palco da atribuição de um prémio a uma cantora branca porque ela tinha ganho o prémio e preferência do publico à Beyoncé.


Até á bem pouco tempo a conversa era o choque nos EUA por os óscares nunca terem pessoas de raça negra representadas.  Nos últimos anos isso tem sido corrigido e para dizer a verdade até sobre corrigido dada a proporção das pessoas de raça negra na população geral dos EUA.

Foi corrigido e agora temos a interrupção da cerimónia porque Will Smith não gostou de uma boca, perfeitamente inofensiva (as coisas que o Gervais já disse nestas cerimónias) que Chris Rock mandou à mulher.
Parece-me a mim que o formato foi criado para pessoas com autocontrolo, desconto hiperbólico do futuro ou Delay Gratification bem maior do que algumas das personagens que agora invadem o quotidiano lá do sítio, daí que se espere determinado output do formato. E isto é nada. Com a maior adição de pessoas de outras etnias no substrato elite dos EUA mais episódios destes serão recorrente.

Mas que gente estou eu a falar? Que formato temperamental tinham os british e Irish que fizeram a Califórnia?

“The British are said to be reserved in manners, dress and speech. They are famous for their politeness, self-discipline and especially for their sense of humour. British people have a strong sense of humour which sometimes can be hard for foreigners to understand.”

E tenho que voltar a dizer, que o que mais me irrita é as pessoas acharem que as etnias, ou raças, são todos iguais no temperamento, porque não são. E é ofensivo querer que pessoas com outros temperamentos se comportem dentro de modelos que foram criados para pessoas com temperamento diferente. É ofensivo quando as pessoas esperam que eu me comporte fora dos parâmetros que eu pessoalmente me conheço como inatos. Já disse que não sou o CEO das minhas empresas porque tenho um temperamento que não é conducente a essa posição.  Sou sanguíneo e não psicopataish.

Ao final do dia, viva o progressismo, não é?

Dado o que sabe sobre o comportamento das pessoas de raça negra, só nos resta dizer, como no software, que foi “working as designed”.

Autoria e outros dados (tags, etc)


5 comentários

Sem imagem de perfil

De Jornaleco a 01.04.2022 às 02:30

Working as designed

Caro Olympus,

para mim tudo bem. Espero que também se encontre bem e todos que ama.

Tive cinco semanas no inferno na terra, na Alemanha.

Lembra-se dos seus tempos na escola? E daqueles, que eram os piores alunos na sua turma? Eu falo DOS PIORES!! Esses que não queriam aprender e chateavam os outros.

Esses conseguiram chegar ao poder na Alemanha e agora fazem o que sabem: destruir tudo a eito e com sistema.

Um dia destes, a CP alemã (Deutsche Bundesbahn) viu-se obrigada a parar todo ou muito grande parte do transporte comercial, de mercadoria. Porquê?

Hahahahaah.

Falta energia suficiente.
(Apesar de ser hoje a MAIS CARA DO MUNDO, a passe com a Dinamarca! Este grau de rigor basta agora.)

Uns vinte anos atrás, a "mesma" Alemanha, tinha a energia mais segura e barata do mundo.

Depois a esquerda malvada e burra tomou mais e mais o poder. E eles desrespeitam as leis económicas e a realidade brutal. Claro.

Por isso, eu fugi e voltei para o meu canto maravilhoso em Portugal, apesar de tudo o que nós sabemos, sobre o mesmo Portugal.

Aqui estou seguro. Mais do que lá, na cidade.

Jornaleco

Enquanto emigrante, a esquerda porca e malvada portuguesa, tratava-me como um ser humano de segunda classe. Viviam do meu dinheiro e não me davam direitos nenhuns.

A Grécia demonstra que um modelo mais justo é possível.

Também por isto odeio toda a esquerda!

Mas eu estou muito descansado: os porcos em Portugal estão a fazer tudo para ganhar o direito de entrar no inferno eterno.

Eles não acreditam no inferno.
Mas eles não sabem pensar, nem bem nem nada.
Irrelevante o que eles "pensam".
Hahahahaha.

Eu já não tenho nenhuma compaixão com esse esterco malvado esquerdista. Acabou!

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Links

Blogs